ITÁLIA, Roma - Com a iminente desistência de Roma da disputa para sediar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2024, o prefeito de Nápoles, Luigi de Magistris, ofereceu a capital da Campânia para substituir a candidatura da "cidade eterna".

"Se Roma disser não às Olimpíadas, Nápoles e o Sul se candidatam. Pelo esporte, pelo Mediterrâneo, pela fraternidade e pela paz. E com mãos limpas. Surpreenderemos vocês", escreveu o chefe municipal em sua conta no Twitter.

De Magistris recebeu o apoio imediato de Michele Emiliano, presidente da Puglia, região que faz divisa com a Campânia. "Caro Luigi, quando começamos? Bari [capital da Puglia] e Nápoles, com as outras regiões do Sul, organizarão as Olimpíadas", escreveu, também no Twitter.

Roma havia confirmado sua candidatura olímpica no fim do ano passado, mas a prefeita Virginia Raggi, eleita em junho pelo partido populista e antissistema Movimento 5 Estrelas (M5S), está decidida a abortar o projeto. O anúncio oficial deve ser feito ao longo da semana.

Chegou-se a sugerir que Milão, cidade mais rica do país, substituísse a capital italiana, mas o prefeito Giuseppe Sala rechaçou a hipótese. Nápoles é a terceira maior metrópole da península e símbolo da parte sul do país, que é menos desenvolvida e mais desigual que o norte, além de sofrer mais com o desemprego e a crise que afeta a nação desde 2008.

No entanto, De Magistris não esclareceu se estava se referindo a 2024, cujo prazo para apresentar candidaturas já se encerrou, ou 2028.

Fonte: Agência ANSA

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31