ITÁLIA, Roma - Morreu na madrugada desta terça-feira, dia 13, em Roma, o escritor e jornalista italiano Ermanno Rea aos 89 anos.

A notícia foi divulgada pelo vice-presidente do Parlamento Europeu, o jornalista David Sassoli. "Ele era apaixonado pela vida. Trabalhar com ele foi um grande presente", disse, me mensagem em sua conta no Twitter.

O ministro de Bens Culturais e Turismo da Itália, Dario Franceschini, também lamentou a morte do escritor, a quem chamou de um "intelectual napolitano que soube recontar, através de seus romances, as grandes questões e grandes casos de interesse nacional".

Nascido em Nápoles em 1927, ele permaneceu ligado à cidade mesmo após ir morar em outros lugares, como Roma e Milão. Seus livros inspiraram filmes e foram vencedores de diversos prêmios da literatura italiana nas últimas décadas.

Seu novo romance "Nostalgia" (em livre tradução do italiano), deve ser lançado nos próximos meses. A história se passa em Nápoles.

Fonte: Agência ANSA

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31