ITÁLIA, Roma - Pesquisadores do Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia da Itália (Ingv) descobriram que o vulcão Vesúvio, que domina o panorama de Nápoles, terceira maior cidade do país, possui seis bocas sepultadas no fundo do mar.

Segundo os cientistas, que trabalharam em conjunto com a Universidade Federico II e o Conselho Nacional de Pesquisas (CNR, na sigla em italiano), essas saídas ficam no Golfo de Nápoles, a menos de 3 km da costa, e possuem diâmetro de cerca de 800 metros.

Algumas foram abertas há 19 mil anos, enquanto outras são mais recentes, e todas se encontram entre cinco e 20 metros de profundidade. No entanto, a descoberta não aumenta a periculosidade do Vesúvio, já que o maior risco de erupção continua concentrado na boca principal.

"Se essas bocas se reativarem, as erupções teriam energia baixa e criariam problemas sobretudo à navegação", declarou Guido Ventura, um dos autores do estudo. Adormecido há muito tempo, o vulcão teve sua erupção mais famosa e destrutiva no ano 79 d.C., quando suas lavas e cinzas devastaram a cidade romana de Pompeia, hoje o principal sítio arqueológico do país.

Fonte: Agência ANSA

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31