PORTUGAL, Lisboa - O Congresso Ibero-Americano Pietro Ubaldi – Um Pensador Holístico é uma iniciativa do Centro Lusitano de Unificação Cultural, em Lisboa, Portugal e do Instituto Pietro Ubaldi, do Brasil.

Entre os dias 18 e 19 de fevereiro conferencistas do Brasil, Espanha, Itália e Portugal irão se reunir para levar ao público presente diferentes olhares sobre a obra de Pietro Ubaldi, um homem abastado, que nasceu na cidade de Foligno, Província de Perúgia, Capital da Úmbria, e que deixou tudo para trás para se dedicar ao Bem e à Humanidade.

“Pietro Ubaldi foi um homem verdadeiramente notável, pela sua natureza da autenticidade, profundidade mística, dedicação ao trabalho espiritual, coerência de toda a sua postura e deixou uma obra igualmente extraordinária, que aborda os grandes problemas da ciência do espírito, questões da filosofia, religião, ética, dos problemas sociais da vida cotidiana, rumos e caminhos mais venturosos e luminosos que poderemos percorrer no futuro. Ensinamentos que apresenta com a profundidade de um filósofo, um místico, com o rigor de um cientista e de um artista da luz, com a capacidade de inspirar que só podem transmitir aqueles que têm a grandeza interior, que evidentemente foi a de Pietro Ubaldi. Nos seus livros enlaçam-se uma  puríssima vivência mística e um fundamento racional e científico, encontram-se páginas de imensa profundidade com outras de grande simplicidade e aplicação prática imediata, se expressa com uma terminologia e recorrendo a arquétipos predominantemente cristãos e ocidentais - mas sem qualquer fundamentalismo ou desdém por outras culturas e religiosidades, antes pelo contrário, com pendor "ecumênico" -, o que a torna mais acessível para os hábitos e a psicologia mais comuns nos continentes europeu e americano”, descreve José Manuel Anacleto, Presidente do Centro Lusitano de Unificação Cultural, de Lisboa.

Foto: Instituto Pietro Ubaldi

Segundo Anacleto, para o Congresso tentou-se seguir critérios de fraternidade, pluralidade e qualidade. “Assim, temos conferencistas de quatro países, de diferentes áreas temáticas, abordagem e perspectiva, que se pretendem complementar, num espírito de respeito mútuo, que é aquele que sempre norteará e unirá todos os verdadeiros buscadores e servidores do bem comum. Almejamos que o congresso seja além de um exercício acadêmico árido, mas algo vívido, envolvente e inspirador. Esperamos contribuir para uma maior e amplamente merecida divulgação do majestoso e profundo pensamento de Pietro Ubaldi”, completa o Presidente do Centro Lusitano.

O Congresso Ibero-Americano Pietro Ubaldi
“O título foi proposto por Portugal e está na essência da obra”, conta Marcus Vinícius Melo, Secretário-Geral do Instituto Pietro Ubaldi. “O Monismo é a ideia central: matéria, energia e espírito são uma única substância. Isso significa a existência de uma única Lei, da qual todas as demais derivam - inclusive as Leis Morais que, nessa perspectiva, são tão precisas quanto as Leis da Física, descobertas pela ciência. Ou seja, todas as Leis existentes são expressões de uma única Lei maior, que se manifesta em diferentes níveis evolutivos ou de consciência. À medida em que vamos evoluindo, expandindo nossa consciência, vamos descobrindo que tudo está ligado a tudo e que caminhamos para a Unificação. Assim, o pensamento holístico de Ubaldi é, na verdade, um único pensamento, que pode ser visto, seja na física, química, biologia, psicologia ou no estudo da personalidade humana”, explica Marcus.

O desejo das duas instituições organizadoras do Congresso - Centro Lusitano de Unificação Cultural e Instituto Pietro Ubaldi – era trazer à tona as mais diferentes abordagens, dentro da vastidão do pensamento do Autor. “A noção holística abre campo a uma grande pluralidade de temáticas suscetíveis de serem abordadas. E, com efeito, a obra de Pietro Ubaldi é eminentemente holística: os grandes princípios nela afirmados aplicam-se transversalmente a todas as questões, num sistema integral, desdobrando-se e projetando luz sobre todos os campos do conhecimento e da vida: filosófico, científico, psicológico, religioso, místico, ético, político, econômico, educacional, artístico etc. O seu monismo, pedra angular nos livros de Ubaldi, é naturalmente holístico”, afirma José Anacleto.

O Museu Virtual Pietro Ubaldi
O projeto do Museu Virtual Pietro Ubaldi, produzido por meio da ERA Virtual, iniciou-se no primeiro semestre de 2016 e será entregue no próximo dia 19 de fevereiro, durante o Congresso.

Foligno, cidade natal de Ubaldi.

O Museu Virtual Pietro Ubaldi surge como uma necessidade do Instituto Pietro Ubaldi de buscar uma nova forma de ampliar a divulgação do trabalho do autor. A ideia era que esta ação pudesse inspirar ao público e, consequentemente, o levasse a conhecer a grande obra de Ubaldi.

“Utilizamos das ferramentas habitualmente adotadas para o nosso trabalho com os museus. Precisaríamos de um local para ser filmado e de um roteiro. Para contar a vida de Pietro Ubaldi acreditávamos que seria necessário reviver seus passos, visitando os locais onde ele viveu. Mas todo o cuidado era necessário: como transpor o simples “contar de fatos de um homem”? Não era esse o objetivo, mas a ajuda veio de onde teria de vir”, lembra Carla Sadim.

O texto para o Museu Virtual foi todo editado a partir da própria obra de Ubaldi. Duas foram essenciais: “História de um homem” e “Um destino seguindo Cristo”. Nestas, que se complementam, é Ubaldi quem nos fala das etapas de sua vida, relatos que não se concentram em fatos isolados, mas no estado de sua alma em cada momento da vida, da infância à maturidade.

Com intuito de proporcionar ao visitante do Museu o estado de espírito vivido pelo autor em cada uma das etapas de sua vida, a equipe da ERA Virtual, juntamente com integrantes do Instituto Pietro Ubaldi, percorreram locais importantes e decisivos para Ubaldi, no Brasil e na Itália. Na Itália, andaram a Úmbria, região central, em que se localizam cidades onde ele viveu: Foligno, sua cidade natal; Spoleto, local dos primeiros estudos; Assis, com sua sempre inspiradora influência franciscana; Peruggia, onde está a casa de campo que tanto escreveu, e Gubbio, a pequena vila entre montanhas que o acolhera por 20 anos. Registraram também Falconara Marítima, às margens do Mar Adriático, um balneário na província de Ancona. Lá Ubaldi estivera com sua família e fora inspirado para a redação de “A grande síntese”. Passaram por Roma, onde o autor cursou a faculdade de Direito. Estiveram também no extremo sul da Itália, na ilha de Sicília. Ali, na cidade de Módica, aos 45 anos, Pietro Ubaldi assumiu o cargo de professor de inglês, afastando-se da riqueza material. Nesta cidade, confirmou seu voto de pobreza, a seu ver, condição essencial para a confirmação dos ensinamentos de Cristo. E finalizaram ao norte, no porto de Gênova, província de Ligúria, local de onde partira Pietro Ubaldi e sua família com destino ao Brasil em 1952.

Já no Brasil, passaram por Campos dos Goytacazes, Brasília e São Paulo. Aqui, mais maduro, ele se encontra “consciente para a vida, e se prepara para a continuação do trabalho criativo e sem fim, do seu próprio espírito”. “Fazendo jus à sua obra, dali por diante, concentraríamos principalmente nas suas publicações e nas ações de divulgação que ocorreram. Naquele momento, o homem já havia sido tomado pela obra e o sujeito já não mais importava. De fato, passamos aos ensinamentos. No Brasil, como etapa de trabalho, confirmou-se, a fase do resgate de documentos e estudo de originais, processo que apenas se iniciou e continuará por anos”, esclarece Carla.

Para a realização do Museu Virtual Pietro Ubaldi foi necessário reconstruir ou organizar conjuntos de ambientes para recontar uma história. Não apenas filmar locais já preparados para tal. E, para recuperar a história de Pietro Ubaldi, que chega ao Brasil já despido de si mesmo, foi necessário revisitar suas origens, buscar o homem que chegou ao Brasil na década de 50. “Quase um contrassenso, um desafio que nos fez caminhar ao contrário do escritor, tivemos de ir do espírito para o homem. Tudo isto, para num esforço posterior de gravações, edições, montagens e programação e realizar um rascunho do processo de maturação interior de Pietro Ubaldi”, complementa Carla. “O trabalho tem muitas imagens aéreas e vai funcionar em celulares e tablets. Ressalto isso porque antes só funcionava em computadores”, finaliza Rodrigo Coelho.

Curiosidades
Pietro Ubaldi nasceu em 18/08/1886 em Citta di Foligno, província de Perúgia.

Pietro Ubaldi escreveu um total de 24 livros, que somam mais de dez mil páginas. Todos eles são de extraordinário interesse, verdadeiras joias de pensamento e de espiritualidade. Geralmente, porém, considera-se uma tríade de títulos mais importantes:  A Grande Síntese, Deus e o Universo, O Sistema. A Grande Síntese foi publicada em diversos idiomas ao longo de mais de 80 anos, e é uma obra reconhecida por personalidades de diversos campos do saber.

Em 1927 inicia os ideais franciscanos e em 1931 sua vida missionária começa verdadeiramente.

Em 17/08/1951 Pietro vai a Pedro Leopoldo encontrar-se com Chico Xavier, um médium brasileiro e um dos mais importantes expoentes do espiritismo no mundo.

Em 25/11/1952 Ubaldi parte definitivamente para o Brasil, onde escreveu 12 de seus 24 livros.

“Cristo” foi seu último livro.  

Morreu em 29 de fevereiro de 1972.

PROGRAMAÇÃO
PIETRO UBALDI: UM PENSADOR HOLÍSTICO – CONGRESSO IBERO-AMERICANO

Sábado – 18/02
9h45 – Início da entrada e da recepção ao público
10h30 – Abertura: Rosany Barcelos (Presidente do Instituto Pietro Ubaldi) e José Manuel Anacleto (Presidente do Centro Lusitano de Unificação Cultural)

11h – Conferência Ideias axiais da obra de Pietro Ubaldi, por José Manuel Anacleto (Escritor e Presidente do Centro Lusitano de Unificação Cultural)

12h – Coffee break
12h15 – Conferência O biótipo da futura civilização do Espírito, por Rosany Barcelos (Presidente do Instituto Pietro Ubaldi e da Fraternidade Francisco de Assis)

13h – Almoço
14h30 – Conferência A Grande Síntese: uma disrupção histórica no progresso das ciências, por Júlio Damasceno (Escritor e Palestrante)

15h30 – Conferência Ciência e Espiritualidade em Pietro Ubaldi: A complexidade orgânica, a potência dinâmica e a vastidão conceptual do Universo, por Liliana Ferreira (Professora e Investigadora universitária, Doutorada em Física da Radiação) e Ângela Santos (Doutorada em Química-Física pela Universidade de Lisboa, onde é Docente)
16h30 – Coffee break
17h – Conferência El Monismo de Pietro Ubaldi – La Concepción Filosófica que guiara el III Milenio, por Gilson Freire (Médico homeopata e Coordenador do Centro de Estudos Ubaldianos de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil)

18h – Atuação do músico Rão Kyao

Domingo
10h – Início da entrada e da recepção ao público

10h30 – Conferência A queda espiritual segundo Francisco de Assis, por Jorge Damas (Psicólogo e Escritor)
11h30 – Coffee break
11h45 – Conferência Ética: uma reflexão à luz dos conceitos ubaldianos, por Clara Tavares (Mestre em Filosofia)

12h20 – Conferência La vida de Pietro Ubaldi, por Fábio Liba (Fundador do Centro Cultural Pietro Ubaldi na Espanha)

12h40 – Lançamento mundial do Museu Virtual Pietro Ubaldi, em cinco línguas

13h – Almoço
14h30 – Conferência Níveis de Consciência na obra de Pietro Ubaldi e em distintas Tradições Espirituais. Supraconsciência, Intuição e a Nova Civilização, por José Manuel Anacleto (Presidente do Centro Lusitano de Unificação Cultural)

15h30 – Conferência As Noúres e a Psicologia Transpessoal, por Vítor Rodrigues (Psicólogo; Assistente na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação, da Universidade Clássica de Lisboa; Escritor).

16h30 – Coffee break
17h – Sessão de Perguntas e Respostas sobre os temas desenvolvidos
17h45 – Encerramento do Congresso: Marcus Vinicius Melo (Secretário-Geral do Instituto Pietro Ubaldi) e José Manuel Anacleto (Presidente do Centro Lusitano de Unificação Cultural)

Congresso Ibero-Americano Pietro Ubaldi – Um Pensador Holístico
Dias: 18 e 19 de fevereiro (sábado e domingo)
Local: Salão Nobre da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, Rua das Portas de Santo Antão, 89 (em frente ao Coliseu). Acesso: Estações de Metrô Restauradores e Rossio.
Preços: pelos dois dias – 40 €; por um dia – 25 €; desempregados, reformados e menores de 25 anos, 10% de desconto. Pagamento por transferência bancária IBAN PT50 0035 0229 00003668630 10, por cheque ou em dinheiro. As inscrições na última semana implicam um custo adicional de 5 €.
Informações :   
Centro Lusitano de Unificação Cultural – Rua Pascoal de Melo, 4 – 1º, Lisboa (de segunda a sexta-feira, entre as 14h e 19h30)
e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
telefone: 218 128 596

Mais informações e a programação você encontra em www.congressopietroubaldi.org

Fonte: divulgação por e-mail

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31