ITÁLIA, Roma - Após quase 70 anos de esquecimento, o mausoléu de Augusto, obra-prima desejada pelo primeiro imperador de Roma para abrigar seus restos mortais e que se localiza no famoso Campo de Marte, reabrirá suas portas em abril de 2019 completamente restaurado.

O anúncio foi realizado pela prefeita da capital italiana, Virginia Raggi, junto ao presidente da Telecom Italia e da Fondazione TIM, Giuseppe Recchi, que financiou, com 6 milhões de euros, o projeto de recuperação do monumento, do qual a segunda parte dos trabalhos teve início no último dia 31 de março.

Nos próximos dois anos, o projeto restaurará 13 mil metros quadrados de muros e paredes, impermeabilizará cerca de 800 metros quadrados de superfície e deverá instalar 8 mil metros de andaimes para poder se obsevar e conservar melhor um colosso para a arte, para a história e para a arqueologia maior até que talvez o Castelo de Sant' Angelo (o Mausoléu de Adriano), com seus 87 metros de diâmetro e 45 metros de altura.

Além da restauração da infraestrutura, o espaço também contará com tecnologias 3D, jogos de luz, músicas e novos painéis nas cancelas que já contam as maravilhas deste local para os turistas que o visitam.

Com o projeto, o mausoléu voltará a ser um dos monumentos icônicos de Roma com uma "nova e inteligente relação de colaboração público-privada que esperamos que se torne um modelo", disse Raggi ao apresentar as reformas. Já Recchi afirmou que com o fim da restauração, "o mausoléu será equiparado aos grandes monumentos icônicos da cidade, a partir do Coliseu".

"No Campo de Marte não havia monumentos. Augusto construiu o seu mausoléu a 800 metros em linha reta do Pantheon para relacionar sua figura com o divino, inspirando-se no sepulcro de Alessandro Magno", disse o superintendente para as áreas arqueológicas de Roma e diretor dos museus arqueológicos da capital, Claudio Parisi Presicce.

Já o vice-prefeito da cidade, Luca Bergamo, disse que algumas "visitas especiais" ao espaço serão antecipadas "para também mostrar os imponentes trabalhos no local" e que toda a área ao entorno do mausoléu será requalificada após a reabertura do monumento.

Fonte: ANSA

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31