ITÁLIA, Nápoles - Após seis anos fechada, a seção 'Epigráfica' do Museu Arqueológico de Nápoles foi reaberta ao público no último dia 30.

O local abriga diversas inscrições gregas, italianas e latinas, que estão entre as mais famosas do mundo. Mais de 300 epígrafes contam a história da escritura em um rearranjo do então diretor do museu, Paolo Giulierini.

Pela primeira vez, o museu abrigará incrições pintadas e grafadas nos muros da cidade de Pompeia, entre elas a extraordinária "história em quadrinhos", que ilustra uma briga em uma osteria, e é um testemunho raro da vida pública e privada dos romanos, além dos manifestos eleitorais, anúncios de jogos de gladiadores e declamações poéticas.

A visita começa com as Mesas de Eraclea, encontradas em 1732 e datadas do século 4 d.C. Nela, há um decreto sobre a localização dos terrenos para os santurário de Dionisio e Atena, na cidade italiana. Uma de suas duas placas foi reutilizada, anos depois, para a inscrição da Lex Municipalis, promulgada por Júlio César, em 45 a.C. O itinerário prossegue com "mergulho" na Neápolis imperial do primeiro século. Depois, é possível fazer um tour pelas belas mármores de Pozzuli.

Fonte: ANSA

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31