ALEMANHA, Birkenau - Como era de costume na Segunda Guerra Mundial, muitos judeus criavam artimanhas para esconder dos nazistas seus objetos pessoais.

a caneca com o fundo falso

Durante os trabalhos de manutenção dos utensílios de cozinha que ficam expostos em Auschwitz, foi encontrada uma caneca com um fundo falso que ocultava um anel e uma corrente de ouro.

"As joias estavam muito bem escondidas, mas, com o passar do tempo, elas se desgastaram e o fundo falso se separou da caneca", disse a funcionária do museu que fez a descoberta, Hanna Kubik. Mais de 70 anos após a libertação dos prisioneiros do campo de concentração nazista, onde cerca de 1,5 milhão de pessoas foram mortas, ainda há casos de revelações acidentais deste tipo. Segundo o diretor do museu de Auschwitz, Piotr Cywinski, isso acontece porque os soldados de Hitler mentiam para os judeus.

o anel que estava escondido na caneca

"Acreditando em uma vida em outro lugar, as vítimas podiam levar uma pequena bagagem para os campos. Desta forma, os alemães acreditavam que, na mala, além de roupas e itens pessoais, os judeus levassem joias e objetos de valor", explicou.

A caneca é um dos 12 mil itens de cozinha confiscados dos prisioneiros que passaram pelo campo polonês e que hoje fazem parte da coleção do museu e um dos milhões de objetos deixados para trás que escondem diversos segredos.

o colar embrulhado em papel

Fonte: ANSA

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31