PORTUGAL, Lisboa - O escritor brasileiro Raduan Nassar venceu a 28ª edição do Prêmio Camões, tido como a mais importante premiação para escritores de língua portuguesa.

O anúncio foi realizado nesta segunda-feira (30), em Lisboa, pelo secretário de Estado da Cultura de Portugal, Miguel Honrado, após reunião com o júri responsável pela escolha.

Nascido em novembro de 1935 em Pindorama, no estado de São Paulo, Raduan é descendente de libaneses. Formado em Filosofia pela Universdade de São Paulo, o escritor também frequentou os cursos de Direito e Letras na mesma instituição.

Sua estreia na literatura se deu em 1975, com o lançamento do romance Lavoura Arcaica. Em 1978, foi publicada a novela Um copo de cólera, e, em 1997, a coletânea de contos Menina a caminho. Suas duas primeiras obras tornaram-se conhecidas do grande público a partir das versões cinematográficas que ganharam.

Com apenas três livros publicados, Nassar é considerado pela crítica como um grande escritor graças à extraordinária qualidade da sua linguagem e da força poética da sua prosa. Sua obra tem poder de intervenção, promovendo uma consciência política e social contra o autoritarismo.

Raduan Nassar está publicado no Brasil pela Companhia das Letras. Com uma tradução de Um copo de cólera pela editora Penguin Books, no Reino Unido, o autor integrou, também neste ano, a lista de classificados para o MAN Booker International Prize.

Procurado pela Assessoria de Comunicação do MinC, Raduan Nassar afirmou que se sentia agradecido e que o anúncio do prêmio foi uma boa surpresa. Ainda assim, o escritor indicou que preferia manter a discrição em relação à homenagem.

Sobre o Prêmio Camões
Instituído por Portugal e pelo Brasil, o Prêmio Camões teve a sua primeira edição em 1989. Atualmente, ele prevê uma premiação no valor de cem mil euros. Com a sua atribuição, a cada ano é ainda prestada uma homenagem à literatura de língua portuguesa, a partir da escolha de um escritor cuja obra tenha contribuído para a projeção e reconhecimento da língua em todo o mundo.

O Prêmio Camões já foi entregue a 12 autores brasileiros. Esta lista de premiados teve início com João Cabral de Melo Neto (1990), e inclui ainda Rachel de Queiroz (1993), Jorge Amado (1994), Antonio Cândido (1998), Autran Dourado (2000), Rubem Fonseca (2003), Lygia Fagundes Telles (2005), João Ubaldo Ribeiro (2008), Ferreira Gullar (2010), Dalton Trevisan (2012) e Alberto da Costa e Silva (2014). No ano passado, prêmio foi entregue à romancista e poetisa portuguesa Hélia Correia.

Fonte: MinC

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31