BRASIL, Brasília - O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, chega a Portugal neste final de semana para cumprir duas importantes agendas para promoção da cultura brasileira no exterior.

No Encontro Global Horasis, Sá Leitão falará sobre as ações do Ministério da Cultura para incentivar e promover a cultura brasileira no Brasil e no exterior (Foto: Ascom/MinC)

De sábado (5) a segunda-feira (7), participa do Encontro Global Horasis 2018 (Horasis Global Meeting), em Cascais, que reunirá 400 líderes mundiais do setor privado e de governos para discutir temas como crescimento econômico, desenvolvimento sustentável, inovação e desigualdade. Na terça-feira (8), Sá Leitão segue para Lisboa para reunir-se com o ministro da Cultura de Portugal, Luís Filipe Castro Mendes.

O Encontro Global Horasis 2018 vai debater alguns dos principais desafios do mundo contemporâneo, sob o título "Inspirando nosso futuro" (Inspiring our future) – tema afim com a marca desta gestão do MinC, "Cultura Gera Futuro". Sá Leitão falará sobre as ações do Ministério da Cultura para incentivar e promover a cultura brasileira no Brasil e no exterior. Desde que assumiu o cargo, em julho do ano passado, ele tem enfatizado o lado econômico da produção cultural, sem prejuízo de seu papel simbólico para a formação tanto da identidade quanto da cidadania.

A campanha #CulturaGeraFuturo, lançada pelo ministro, destaca a contribuição das produções culturais para o desenvolvimento econômico. No Brasil, a economia criativa já responde por 2,64% PIB (Produto Interno Bruto, a soma de bens e serviços produzidos no país), à frente de setores tradicionais como as indústrias têxtil e farmacêutica; emprega 1 milhão de trabalhadores, envolve cerca de 200 mil empresas e entidades e proporciona uma arrecadação anual de R$ 10,5 bilhões em impostos.

"Nós podemos, se tivermos investimento consequente, articulado e significativo, em dez anos, nos tornar uma das cinco maiores potências culturais do mundo. Temos matéria-prima para isso. Podemos ser, no século 21, o que os Estados Unidos foram no século 20, ou seja, a principal potência cultural", afirmou o ministro no último dia 2, ao abrir o Circuito #Cultura Geral Futuro em Macapá (AP), que vem capacitando produtores culturais em todo o país para o uso dos mecanismos de incentivo fiscal do governo federal.

Bicentenário
Na pauta da reunião com o ministro de Portugal na terça-feira, estarão iniciativas conjuntas dos dois países na área da literatura, como o Prêmio Camões e o Prêmio Monteiro Lobato; a cooperação na preservação do patrimônio histórico; e as comemorações dos 200 anos da Independência brasileira, em 2022.

Fonte: MinC

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31