BRASIL, Brasília - Representantes de 22 países participaram da XIX Conferência Ibero-Americana de Ministros da Cultura, encerrada nesta sexta-feira (4), em Antígua, na Guatemala.

Encontro reuniu representantes de 22 países ibero-americanos (Foto: Divulgação)

O encontro discutiu mecanismos de cooperação entre as nações ibero-americanas e da relação entre a área da cultura e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas, que estipula metas globais até 2030.

O Brasil foi representado pelo secretário da Economia da Cultura do Ministério da Cultura (MinC), Mansur Bassit. "Tratamos do fortalecimento da Agenda 2030, isto é, da importância da cultura para o desenvolvimento e a inclusão. A cultura permeia os ODS", disse Mansur.

A reunião de ministros da Cultura começou na quinta-feira (3) e serviu de preparação à XXVI Cúpula Ibero-Americana de Chefes de Estado e de Governo, agendada para novembro, também em Antígua, na Guatemala − sob o tema "Uma Ibero-América próspera, inclusiva e sustentável".

Mansur destacou a campanha #CulturaGeraFuturo, do MinC, que chama atenção para o lado econômico das atividades culturais, com geração de emprego e inclusão. No Brasil, as atividades da economia criativa empregam cerca de 1 milhão de trabalhadores e representam 2,64% do Produto Interno Bruto (PIB).

Fonte: MinC

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31