BRASIL, Brasília - Começa neste domingo (16) a 11ª edição do Los Angeles Brazilian Film Festival (LABRFF), um dos maiores festivais de filmes brasileiros no exterior.

O Los Angeles Brazilian Film Festival vai exibir 45 filmes em diferentes mostras (Foto: Divulgação)

O evento, que segue até a quinta (20) na cidade californiana, exibe 45 filmes em diferentes mostras, oferece debates e promove negócios entre empreendedores de Brasil e Estados Unidos.

A edição deste ano do festival foi uma das premiadas no edital de Festivais, Mostras, Premiações, Eventos de Mercado e Ações de Promoção/Difusão da Produção Audiovisual Nacional, lançado em março pela Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura. O projeto recebeu repasse de R$ 194.546,50.

"O suporte do Ministério da Cultura configura tudo o que andávamos buscando", afirma a fundadora do festival, Meire Fernandes. "O apoio do nosso País no fomento da cadeia do audiovisual é imprescindível para continuarmos com nosso objetivo maior, que é fomentar o cinema brasileiro fora do Brasil. Queremos abrir oportunidades para novas produções e coproduções entre Brasil e Estados Unidos, dar oportunidades para os cineastas brasileiros mostrarem seus filmes na Meca do cinema e encontrarem parceiros e distribuidores para seus filmes", destaca.

Ampla programação
O filme ‘Antes Que Eu Me Esqueça', do diretor Tiago Arakilian, vai abrir o festival. O protagonista do longa-metragem, o ator José de Abreu, será homenageado durante a noite de abertura pelos seus 50 anos de carreira. Até o dia 20 de dezembro, mais de 40 filmes serão exibidos na Seleção Oficial 2018, divididos entre cinco mostras.

Um dos destaques deste ano é a mostra de curtas representativos do Cinema Negro. "Ela se respalda em uma visão de cadeia colaborativa, própria do audiovisual, ao querer dar visibilidade não apenas a diretores negros, mas, também, a todas as demais funções que precisam ter seu espaço na construção de uma janela cada vez mais igualitária", comenta Meire.

Além das mostras, o LABRFF mantém uma edição do Brazilian Film Market –BFM. Por lá, produtores brasileiros podem ter contato direto com analistas do mercado americano para apresentação de projetos. Ainda fazem parte do festival seminários e debates voltados ao fomento da indústria do audiovisual, que reforçam o papel do evento como incentivador de novas coproduções entre o Brasil e os Estados Unidos.

Sucesso
Fundado em 2008 pela produtora de cinema Meire Fernandes e pelo jornalista Nazareno Paulo, o LABRFF é hoje considerado o maior festival de cinema brasileiro no exterior e se tornou uma vitrine para as produções brasileiras em Hollywood. O festival já exibiu mais de 570 títulos, premiou mais de 300 profissionais do cinema e contribuiu para a realização de longas metragens no Brasil em parceria com os Estados Unidos, além de ter colaborado para o licenciamento de diversos títulos brasileiros para majores de distribuição americana

Confira a Seleção Oficial
Mostra Competitiva de Longas-Metragens
A Cabeça de Gumercindo Saraiva (The Head of Gumercindo Saraiva) - Tabajara Ruas
Trabalho Sujo (Dirty Job) – Helio Martins Jr.
O Segredo de Davi (Davi's Secret) - Diego Freitas
Coração de Cowboy (Cowboy's Heart) - Guilherme Pereira
B.O. Baixo Orçamento (BO. Movie) - Daniel Belmonte e Pedro Cadore
Não se Aceitam Devoluções (Instructions Not Included) - André Moraes
Possessões (Possessions) - Tiago Santiago
Antes que Eu Me Esqueça (Before I Forget) - Tiago Arakilian
SP: Crônicas de uma Cidade Real (SP: Chronicles of a Real City) - Elder Fraga
A Pedra da Serpente - Fernando Sanches
Mostra Competitiva de Documentários
Badi (Badi) - Edu Felistoque
Codinome Clemente - Isa Alburquerque
Torre das Donzelas (Maidens Tower) - Susanna Lira
God's Tenant - Alfredo Avila e Edward Vela
Acqualoucos (Acqualoucos) - Victor Ribeiro
Rogeria, Mr. Astolfo Barroso Pinto - Pedro Gui
O Brasileiro (The Brazilian) - Lucia Barata
Marcia Haydee - Daniela Kallmann
Mostra Competitiva Cinema Negro do Brasil
Cabelo Bom (Curly Power) - Swahili Vidal e Claudia Alves
Rainha (Queen) - Sabrina Fidalgo
Meu Preço (My Price) - Hsu Chien
Nosso Sagrado (The Sacred Within Us) - Gabriel Barbosa, Fernando Sousa e Jorge Santana
Eu Preciso Destas Palavras Escrita (I need these words recorded) - Milena Manfredini
Tempo (Time) - Victor Uchôa

Mostra Competitiva de Curtas-Metragens
2017 - Pryka Almeida
Restinga - Allan Souza Lima
Distúrbio (Disorder) - Claudia Pinheiro
Bem-vindo de Volta (Welcome Back) - Lucas Vasconcelos
Tenha um Ótimo Dia (Have a Nice Day) - Willy Hajli
Ontem (Before Today) - Thiago Kistenmacker
Dedico Essa Obra a Você, Alice (This is one's for you, Alice) - Patrick Hanser
Oceano (O-Cé-an) - Priscila Guedes
#Feique - Alexandre Mandarino e Pedro Lucas de Castro
Mostra Competitiva Internacional de Curtas-Metragens
Duke - Thiago Dadalt
Cinzas (Ashes) - Edson Celulari
O Sonho (The Dream) - André Mattos
Um Toque de Aurora (A Touch of Aurora) - Aditya Patwardhan
13 de Novembro (November 13) - Ben-Hur Pondé
Coda (Coda) - Artur Andrade
Lady Labyrinth - Jo Pratta
Walter - Helena Sardinha
While you Pray - Luciano de Lima
Ofelia - Fabiola Stevenson
Headway - Camila Rizzo
The Countries We Love - Priscila Zortea e Vítor Cardoso

Fonte: MinC

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31