BRASIL, Salvador - O Instituto Goethe sediou na manhã desta segunda-feira (29) o primeiro evento da Rede de Mulheres.

Foto: Lucas Rosário

A entidade reunirá organizações e personalidades que se engajam em nome de uma sociedade com igualdade de oportunidades entre mulheres e homens, fortalecendo a cooperação entre a Alemanha e os países latinos na luta pelos direitos e igualdade das mulheres.

Participaram da mesa de abertura, o Ministro das Relações Externas da Alemanha, Heiko Maas, o diretor do Instituto Goethe, Manfred Stoffl e representando a secretaria de Cultura do Estado da Bahia, a secretária Arany Santana. A gestora destacou a importância embrionária desta rede no Icba, que foi abrigo de muitos artistas na época da ditadura militar.

O ponto de partida para essa iniciativa será uma conferência no dia 28 de maio em Berlim, que deverá contar com a participação de representantes latino-americanos e caribenhos além de especialistas em política externa e de segurança, estado de direito, questões climáticas e cooperação científica.

Um pilar central é o fortalecimento dos direitos das mulheres. Com a criação da Rede de Mulheres germano-latino-americanas, cujo objetivo é fortalecer a participação e a liderança de mulheres na política, na mídia, na sociedade, na economia e na ciência, assim como promover o intercâmbio entre essas mulheres e suas redes nas Alemanha, na América Latina e no Caribe em prol da aprendizagem e do apoio mútuo. A Rede será oficialmente lançada em maio em Berlim.

Fonte: Secult BA

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31