ITÁLIA, Roma - O vulcão Stromboli, localizado na ilha de mesmo nome no litoral da Sicília, ao sul da Itália, entrou em erupção pela segunda vez em dois meses nesta quarta-feira (28).

As erupções foram precedidas na ocasião por fluxos de lava, que formaram uma coluna de fumaça e cinzas de dois quilômetros de altura.

Segundo bombeiros locais, a erupção, que não fez vítimas, ocorreu na lateral centro-sul da cratera. As autoridades colocaram em andamento uma operação para controlar os incêndios florestais provocados pela erupção.

O vulcão, cuja cúpula se encontra a 920 metros de altura e a base a 2.000 metros de profundidade, é um dos poucos do mundo com atividade praticamente contínua, segundo Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia (INGV) italiano.

A turista Elena Schiera, que estava navegando em um barco nas proximidades do local, registrou o momento. "Sobreviventes por um milagre. Momentos de pânico", escreveu em sua conta no Instagram.

Em 3 de julho, quando registrou duas fortes explosões, a erupção do Stromboli provocou a morte de um excursionista de 35 anos.

O presidente da região da Sicília, Nello Musumeci, disse que a presença de embarcações particulares na ilha foi suspensa por precaução.

Fonte: FolhaPress SNG e JB

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31