ITÁLIA, Roma - Após uma semana de trabalho, o artista brasileiro Eduardo Kobra inaugurou nesta sexta-feira (20) o mural dedicado ao piloto Ayrton Senna (1960-1994) no autódromo italiano de Ímola, palco da tragédia que tirou a vida do tricampeão de Fórmula 1.


Eduardo Kobra celebra Ayrton Senna em Imola (Foto: Ansa)

Com 21 metros de comprimento e sete de altura, o painel foi pintado na fachada do Museo Checco Costa, a poucos metros da antiga curva Tamburello, onde Senna bateu sua Williams no Grande Prêmio de San Marino, em 1º de maio de 1994. A obra é inspirada nos momentos em que Senna fazia reverências aos céus para agradecer por vitórias. O trabalho é voluntário, mas Kobra obteve a permissão do Instituto Ayrton Senna.

Kobra ficou famoso por seus murais coloridos que animam paisagens urbanas pelo mundo e por seu ativismo em questões sociais e sobre mudanças climáticas. Fã do piloto brasileiro, o artista de 44 anos já pintou cerca de 10 murais que retratam Senna.

No mesmo local do novo painel, uma mostra temporária conta a história do tricampeão de F1 por meio de uma narração inovadora, com um ambiente multissensorial. Na exposição "Ayrton Magico - A Alma além dos limites" é possível ver carros, capacetes vídeos, entrevistas e imagens da carreira de Senna em um percurso interativo.

A homenagem ao piloto brasileiro após 25 anos de sua morte ficará em cartaz até 30 de novembro. Os ingressos custam entre 13 e 19 euros.

Fonte: Ansa e JB

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31