SANTA CATARINA, Florianópolis - Durante a temporada de férias, turistas de outros estados e países e os catarinenses podem aproveitar para visitar os museus e exposições, nas diversas casas administradas pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC), em todo o Estado. Os destaques são os museus do Mar, da Imagem e Som, Etnográfico – Casa dos Açores e Histórico de Santa Catarina, localizado no Palácio Cruz e Sousa.

Museu Nacional do Mar

No Museu Nacional do Mar, em São Francisco do Sul, no Norte do Estado, é possível conhecer o barco Cúter do Maranhão, batizado de Lindo Horizonte II e popularmente conhecido como canoa. Entre as peças que se encontram em exposição nas 18 salas temáticas do Museu, estão mais de 91 barcos em tamanho natural, cerca de 150 peças de modelismo e artesanato naval. O local funciona de terça a sexta-feira, das 9h às 18h. Sábados e domingos, das 10h às 18h. A bilheteria fecha sempre às 17h30min. Os ingressos custam R$ 5 inteira ou R$ 2 meia-entrada com carteirinha de estudante (entre 8 e 17 anos), estudante universitário (carteirinha com validade).

Casa dos Açores – Museu Etnográfico

A Casa dos Açores, que abriga o Museu Etnográfico, no município de Biguaçu, é um dos registros materiais da passagem dos colonizadores açorianos pela localidade de São Miguel, nos séculos XVIII e XIX. O imóvel foi adquirido pelo Governo do Estado de Santa Catarina em 1978, e passou por restauração para se transformar em museu, inaugurado no dia 4 de março de 1979. O museu forma, junto com a Igreja de São Miguel, a chácara e os arcos do antigo aqueduto, um conjunto arquitetônico. Conta com acervo de móveis, roupas e outras peças que visam à preservação e o estudo da cultura açoriana. Com entradas gratuitas o local funciona de terça a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Aos sábados e domingos, das 9h às 12h30 e das 13h30 às 18h.

Museu Histórico de Santa Catarina

Localizado no Palácio Cruz e Sousa, no Centro de Florianópolis, o prédio foi tombado como patrimônio histórico do Estado em 26 de janeiro de 1984. Internamente, destacam-se as escadarias de mármore de Carrara, as clarabóias de ferro no telhado, os trabalhos de marchetaria nos assoalhos, as pinturas nas paredes, os detalhes de estuque nos tetos.

O acervo do museu é composto por móveis e objetos diretamente ligados à história política do Estado, especialmente ao exercício do Poder Executivo. No piso térreo do Palácio destaca-se a sala em homenagem ao Poeta Cruz e Sousa e faz-se a introdução à visitação do Museu, além da sede e biblioteca do Instituto Histórico e Geográfico e as salas reservadas às atividades culturais, onde programam-se exposições temporárias e outros eventos de cunho artístico-cultural.

O horário de visitação é de terça a sexta-feira das 10h às 18h, e sábado e domingo das 10h às 16h. Os ingressos custam R$ 5. Alunos e professores de escolas da rede particular pagam R$ 2. Gratuito, mediante comprovação, para alunos e professores da rede pública de ensino (municipal, estadual e federal); maiores de 60 anos e guias turísticos; crianças com idade inferior a 6 anos; e pesssoas com deficiência. Aos domingos, a entrada é gratuita para todos.

Museu da Imagem e do Som (MIS/SC)

Localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis, o MIS/SC foi criado com a finalidade de preservar, documentar, pesquisar e comunicar acervos audiovisuais de relevância nacional e preferencialmente do Estado de Santa Catarina, dando continuidade ao trabalho realizado pelo Núcleo de Documentação Audiovisual (NDA) da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), existente entre 1989 e 1998.

Até dia 9 de fevereiro o MIS/SC apresenta a exposição Palavra em Fluxo, da artista multimídia Fê Luz. O horário de atendimento é de terça a sábado, das 10h às 20h30min; domingos e feriados, das 10h às 19h30min, e a entrada é gratuita.

Outros locais também estão abertos ao público a exemplo da Casa da Alfândega (Centro), que abriga, desde 1988, o projeto Galeria do Artesanato; o Museu de Arte de Santa Catarina (Masc) e os espaços Lindolf Bell e das Oficinas (os últimos três localizados no CIC).

 

Fonte: FCC

(Nota do editor: notícia originalmente publicada em 05/01/2016 - 26 visitas até 11:32h)

RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - O Arquivo Nacional, vinculado ao Ministério da Justiça, tem novos procedimentos para transferência ou recolhimento de acervos arquivisticos públicos, em qualquer suporte, pelos órgãos e entidades do Poder Executivo Federal para o Arquivo Nacional. A Portaria nº 252, assinada pelo Diretor-geral do Arquivo Nacional, Jaime Antunes, foi publicada nesta terça-feira, no Diário Oficial da União.

 De acordo com o artigo 2º da referida Portaria, a transferência e recolhimento devem ser considerados conforme abaixo:

 I - Transferência: passagem dos documentos produzidos e recebidos pelos órgãos ou entidades do Poder Executivo Federal, de seus arquivos correntes (ou setoriais) para o arquivo intermediário, com guarda temporária no Arquivo Nacional, em sistema de parceria, assegurado a estes o direito de acesso e consulta, inclusive sob a forma de empréstimo, por meio de solicitação formal ao Arquivo Nacional. A consulta de terceiros, excetuando-se os casos previstos em lei, somente será permitida mediante expressa autorização do órgão ou entidade transferidor (a).

II - Recolhimento: passagem para a guarda permanente no Arquivo Nacional de documentos produzidos e recebidos por órgãos ou entidades do Poder Executivo Federal, sendo assegurado ao Arquivo Nacional promover o acesso, a divulgação e a publicação de quaisquer documentos do acervo recolhido. Exceto nos casos estabelecidos em lei e em acordos firmados entre organizações nacionais e internacionais será autorizado o empréstimo de originais.

 Maiores informações estão disponíveis no sítio eletrônico do Sistema de Gestão de Documentos de Arquivo - SIGA, da administração pública federal: www.siga.arquivonacional.gov.br 

 

Fonte: Editoria RM (com informações do DOU) 

(Nota do editor: notícia originalmente publicada em 05/01/2016 - 31 visitas até 11:36h)

RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - Começou nesta segunda-feira (4), a Colônia de Férias do Museu da República/Ibram. A atividade comemora, em 2016, 30 anos. Desde 1986 o Museu desenvolve, gratuitamente, trabalhos com grupos de 40 crianças, de 7 a 11 anos, sempre pautadas no patrimônio material e imaterial, memória e museu. Os temas são trabalhados através de oficinas lúdico pedagógicas, dinâmicas de grupo e muitas brincadeiras.

Neste ano o tema escolhido é Olimpíadas no Museu, sobre os jogos olímpicos que serão realizados no Rio de Janeiro, para despertar nas crianças a importância dos esportes como instrumento para o desenvolvimento social e educativo.

Durante as duas semanas da Colônia, de 4 a 15 de janeiro, as crianças além de conhecerem o Museu e seu Jardim Histórico, vão participar de uma olimpíada com campeonatos de diversas modalidades, como: jogo de argola, boliche, dança da laranja, jogos de memória, quebra-cabeça com obstáculos, cabo de guerra, corrida maluca, peteca e vôlei com lençol.

Além dessas modalidades, quase olímpicas, as crianças farão passeios até o Maracanã, Escola de Educação Física e ao Museu dos Esportes no Forte São João, na Urca.

Eles farão também aquecimentos, relaxamentos, atividades de artes plásticas, jogo da palavra, assistirão filmes e farão os convites para a festa de encerramento.

No final da Colônia serão entregues medalhas e diplomas.

Este ano a Colônia de Férias do Museu da República terá a participação da empresa Saúde Total Serviços Relacionados à vida Eireli-me, que é ligada à saúde humana e atividades de condicionamento físico.

 

Fonte: Ibram

(Nota do editor: notícia originalmente publicada em 04/01/2016 - 30 visitas até 11:53h)

RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - Há mais de 30 anos sem programação permanente e fechado desde 2013, o Teatro Serrador, na Cinelândia, um dos mais tradicionais do Rio, será reinaugurado nesta quinta-feira (7/01), às 19h, com apresentação especial. A atriz Bibi Ferreira volta ao palco em que estreou como artista, em 1941, para cantar sucessos de Frank Sinatra. O teatro, que foi o último empreendimento do empresário Francisco Serrador, recebeu uma reforma completa, com renovação de poltronas, camarins e infraestrutura.

O Serrador passa a fazer parte dos equipamentos culturais da Secretaria Municipal de Cultura e oferecerá programação permanente a partir deste mês. Para comemorar sua reabertura, dois grandes espetáculos entrarão em cartaz na casa, com a ocupação artística da Aquela Cia. No dia 15, estreia a peça "Laio & Crísipo", com texto de Pedro Kosovski e direção de Marco André Nunes. No dia 19, será encenado o espetáculo "Caranguejo Overdrive".

O Teatro Municipal Serrador fica na Rua Senador Dantas, 13.

 

Fonte: Prefeitura do RJ

(Nota do editor: notícia originalmente publicada em 04/01/2016 - 32 visitas até 11:47h)

RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - A Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage (FUNALFA), sediada em Juiz de Fora, Minas Gerais, está com edital aberto para o concurso público (Edital n. 281/2015) desde o dia 28 de dezembro de 2015 para cargos de nível médio e superior. As inscrições podem ser realizadas até o dia 27 de janeiro de 2016, nos valores de R$40 a R$80,00.

 Foram disponibilizadas seis vagas para cargos de Técnico de Nível Superior (TNS), conforme abaixo:

 - Analista de Sistemas - 01 (uma) vaga;

- Arquiteto - 01 (uma) vaga;

- Bibliotecário - 01 (uma) vaga;

- Contador - 02 (duas) vagas;

- Historiador - 01 (uma) vaga.

 A remuneração para carga horária de 40 horas semanais é de R$2.388,70 (dois mil reais, trezentos e oitenta e oito reais e setenta centavos). 

 As provas envolvem conteúdo em Português, de Conhecimentos Específicos e Prova Dissertativa. Haverá pontuação referente à titulação acadêmica. A aplicação das provas objetiva e dissertativa ocorrerá na cidade de Juiz de Fora, no dia 28 de fevereiro de 2016 (domingo), com início às 8h e duração de 5 (cinco) horas. Os locais ainda não foram divulgados.

 Os interessados podem consultar o edital completo e fazer suas inscrições através do site www.fluxoconsultoria.com.br

 

Fonte: Editoria RM 

(Nota do editor: notícia originalmente publicada em 04/01/2016 - 33 visitas até h)

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31