RIO GRANDE DO SUL, Porto Alegre - A Secretaria de Estado da Cultura (Sedac), por meio do Memorial do Rio Grande do Sul e o Arquivo Histórico, inaugura às 18h30 da próxima terça-feira (13) a exposição “O dia a dia na Guerra Civil Farroupilha: sobrevivências”.

A mostra destaca as práticas e experiências humanas dos mais diversos segmentos sociais, sexuais e étnicos, buscando conhecer os modos e as estratégias pelas quais pessoas comuns sobreviveram ao conflito.

O processo de mitificação que a Revolução Farroupilha sofreu ao longo do tempo dificultou a sua discussão, à medida que foi transformada em símbolo de uma determinada imagem do Rio Grande. Atualmente, após intensas discussões na sociedade, conceitos como memória e identidade abrangem a variedade tanto de suportes documentais como de registros culturais.

Foi com esse olhar que o Arquivo Histórico do RS e o Memorial RS uniram acervos de várias instituições da Sedac. Constituída de documentos, objetos e fragmentos da obras ficcionais, a exposição possibilita releituras do episódio farroupilha. Dessa forma, foram reunidos alguns itens do Arquivo Histórico, Museu Júlio de Castilhos, Museu Antropológico, Museu da História da Medicina, Museu da Comunicação, com o objetivo de oferecer à sociedade seus espaços para a fruição e discussão da memória rio-grandense.

Serviço
Exposição “O dia a dia na Guerra Civil Farroupilha: sobrevivências”
Abertura: 13 de setembro | Terça-feira
Hora: 18h30
Local: Memorial do Rio Grande do Sul | Rua Sete de Setembro, 1020 – Centro Histórico de Porto Alegre
Visitação: Terça-feira a sábado, das 10h às 18h, e domingos e feriados, das 13h às 17h
Entrada franca​

Fonte: Sedac RS

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31