SÃO PAULO, São Paulo - Cerca de mil peças originárias da Grécia antiga compõem o acervo do Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE) da USP. Entre vasos, ânforas, estatuetas, amuletos e fragmentos de cerâmica, as peças são testemunhos dos diferentes períodos de desenvolvimento da Grécia na Antiguidade, entre o segundo milênio e os últimos séculos antes de Cristo.

Elas contam a história grega antiga desde o chamado período Micênico, quando teria ocorrido a lendária Guerra de Troia, passando pelos períodos Arcaico e Clássico – tempo dos grandes poetas líricos, filósofos e dramaturgos – até o período Helenístico, caracterizado pelo fim da independência grega e pela expansão da cultura grega pelo mundo antigo, promovida pelas conquistas de Alexandre, o Grande. “A definição desses períodos é arbitrária”, ressalva a professora Elaine Hirata, do MAE.

A professora Elaine Hirata faz a narração do documentário A Grécia Antiga no Acervo da USP, vídeo em cinco partes que a TV USP acaba de produzir.

Veja aqui o documentário A Grécia Antiga no Acervo da USP.

Fonte: Jornal da USP

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31