DISTRITO FEDERAL, Brasília - O ministro da Cultura, Roberto Freire, recebeu, na tarde dessa segunda-feira (9), o maestro Júlio Medaglia e o diretor das Rádios e de Projetos Especiais da TV Cultura, José Roberto Walker.

Durante o encontro, o maestro Medaglia sugeriu ao ministro que a pasta estudasse um modo de digitalizar partituras de música erudita brasileira.

Na avaliação de Freire, a sugestão do maestro pode ser uma ferramenta importante para a preservação desse material. "Temos um vasto acervo musical que pode se perder totalmente ao longo dos anos. O maestro Júlio Medaglia trouxe uma proposta de projeto muito interessante, tanto para o Ministério como para a cultura brasileira de um modo geral. Certamente a história desse gênero musical em nosso país é, talvez, muito maior do que se possa imaginar, já temos mais de 150 anos ou até de 200 anos de obras eruditas produzidas por brasileiros", destacou.

De acordo com o ministro, a proposta do maestro será encaminhada para o setor responsável dentro do Ministério da Cultura. "É preciso estudar as possibilidades e analisar o que poderá ser de fato realizado. Em geral, existe pouco acesso ou, na maioria das vezes, nenhum conhecimento sobre a música erudita no Brasil e isso precisa ser mudado", ponderou Freire.

No encontro, também foram debatidos outros projetos de iniciativa de Medaglia e de Walker, como o Grande Circo Musical do Brasil, que une arte circense e popular com música erudita.

Fonte: MinC

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31