RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - Nesta quarta-feira (5), a Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB), instituição vinculada ao Ministério da Cultura com sede no Rio de Janeiro, promove três atividades culturais com entrada gratuita ao público.

Os visitantes poderão escolher entre o debate com especialistas internacionais sobre políticas culturais na América Latina, a mesa redonda do projeto Palavra por Palavra e a palestra da série Memória & Informação. Conheça os projetos da FCRB e escolha sua programação do dia.

Palavra por Palavra
Mesa de debates do projeto Palavra por Palavra apresenta o tema "Eugênia, a amante de Dom João VI – literatura e história no teatro", peça teatral dirigida por Sidnei Cruz e estrelada por Gisela de Castro. Trechos de "Eugênia" serão apresentados antes de debate com participações da autora do texto, Míriam Halfim, do diretor de arte, Samuel Abrantes, e do diretor de cenário, José Dias. O encontro está marcado para as 15h, no auditório da FCRB.

O ciclo de palestras, apresentações e manifestações culturais seguidas de debates é realizado, quinzenalmente, pelo Centro de Memória e Informação da FCRB e pelo editor Carlos Barbosa. A Academia Carioca de Letras, o Instituto Darcy Ribeiro, a União Brasileira de Escritores e o PEN Clube do Brasil apoiam a iniciativa. Além das apresentações, o público também poderá trocar livros entre si, na chamada mesa de livros, além de participar de sorteio de obras dos autores ou dos temas em questão.

Memória & Informação
Doutora em História pela Universidade Federal de Minas Gerais, Walmira Costa ministra a palestra "Livros manuscritos de irmandades religiosas de leigos da capitania de Minas Gerais no século XVIII: materiais e técnicas". Parte da série Memória & Informação, a palestra é às 14h30, na sala de cursos da Fundação.

A palestra abordará aspectos da cultura material e artística de livros manuscritos produzidos pelas irmandades religiosas de leigos na capitania de Minas Gerais entre 1708 e 1815. Serão discutidas questões relativas à história do livro como artífice na arte da iluminura, confecção, comércio e circularidade de materiais da escrita, da pintura e da encadernação. Ainda será demonstrado como essa produção ocorreu nas demais capitanias.

Latino-americanidades
Outra atividade do dia é a mesa de debate "Latino-americanidades: Cultura Viva Comunitária e as políticas culturais na América Latina", que reúne nove especialistas e pesquisadores de Brasil, Argentina, Colômbia, Uruguai, Bolívia, Equador, Peru e México para dialogar sobre cooperações protagonizadas pela sociedade civil a partir de uma viva cultura comunitária. O encontro é realizado pela Cátedra Unesco de Políticas Culturais e Gestão e pelo Setor de Políticas Culturais da FCRB, com o apoio do Ponto de Cultura NINA (Núcleo Interdisciplinar de Narradores e Agentes Culturais) e do Programa IberCultura Viva. A discussão abordará o processo de fortalecimento dos movimentos populares e democráticos nos primeiros quinze anos do século XXI. Confira a programação, que começa às 17h30, no auditório da instituição.

Fonte: MinC e FCRB

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31