DISTRITO FEDERAL, Brasília - Agosto vai começar em festa na cidade de Penedo, em Alagoas.

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) entrega, nos próximos dias 03 e 04, duas importantes obras: o Convento Franciscano de Santa Maria dos Anjos e os Galpões da Marina e Escola Náutica, frutos de trabalhos e investimentos em prol do Patrimônio Cultural da cidade.  

No dia 03, a presidente do Iphan, Kátia Bogéa, o diretor do PAC Cidades Históricas, Robson de Almeida, o superintendente do Iphan em Alagoas, Mário Aloísio, o prefeito Marcius Beltrão e outras autoridades políticas e religiosas entregam à comunidade, às 19h30, o Convento Franciscano de Penedo plenamente restaurado. Esse é o resultado de um ciclo de mais de quatro anos de intervenções, período em que o espaço recebeu investimentos do Iphan que somam cerca de R$ 10 milhões e que agora possibilitam um melhor atendimento a turistas e moradores.

Já no dia 04, às 09h, a população vai conhecer a nova estrutura dos galpões da orla do Rio São Francisco, restaurados com recursos do PAC Cidades Históricas, por meio do Iphan. A obra, com investimentos de R$ 1,65 milhão, transformou o espaço e implantou a Escola Náutica, Oficina e Marina Pública, estimulando as atividades navais na região, promovendo oportunidades para a comunidade e incluindo Penedo na rota do turismo náutico brasileiro.

Foto: divulgação

O rico Patrimônio Cultural de Penedo
 O conjunto histórico e paisagístico de Penedo, tombado pelo Iphan desde 1996, possui significativos bens da arquitetura religiosa do Nordeste, além de ricos exemplares da arquitetura civil moderna.  O Convento Franciscano de Santa Maria dos Anjos foi idealizado ainda no século XVII em estilo tipicamente barroco. O edifício foi utilizado durante anos como hospital, além de complexo conventual. Tombado pelo Iphan desde 1941, ele é formado também pela igreja e o prédio da Ordem Terceira com a capela. Devido às baixas arrecadações e à má conservação do espaço, era inviável aos conventuais restaurar o bem de forma adequada, tendo em vista sua dimensão, riqueza de ornamentos e elementos integrados. Assim, o Iphan assumiu o investimento, priorizando a sustentabilidade do Convento, que agora poderá gerar renda e manter o edifício graças à sua nova estrutura, que passa a contar com celas preparadas para hospedaria, salão, estacionamento e auditório.

Os galpões da orla do São Francisco, por sua vez, estão localizados às margens do rio, no bairro que deu origem à cidade de Penedo – o Barro Vermelho. Os edifícios estavam em mau estado de conservação e eram utilizados como oficina de barcos. Agora, além da restauração geral, receberam ações diversas como a inclusão de auditório, depósitos, iluminação e condições de acessibilidade, além de novo mobiliário que está sendo também adquirido pelo PAC Cidades Históricas. Assim, os investimentos possibilitam a implantação de novos usos no local, com a Escola Náutica, Oficina e Marina Pública. A obra teve projeto cedido pela Prefeitura Municipal de Penedo e teve duração de um ano e meio.

Por sua relevância, Penedo foi uma das duas cidades escolhidas em Alagoas para receber investimentos do PAC Cidades Históricas. A previsão é de que serão investidos R$20,89 milhões em onze ações do Programa no município, sendo que três obras já foram concluídas: o Casarão do Montepio dos Artistas, o Círculo Operário – Escola de Santeiros, e o Casarão da Biblioteca. Além delas, também estão em andamento as obras de Restauração do Chalet dos Loureiros e Implantação do Centro de Referência do São Francisco; Restauração do Teatro Sete de Setembro; e Requalificação urbanística do Largo de S. Gonçalo.

Foto: divulgação

Serviço
Entrega de obras em Penedo (AL)
Dia 03/08, 19h30 – Entrega do Convento Franciscano de Santa Maria dos Anjos
Dia 04/08, 09h – Entrega da Escola Náutica, Oficina e Marina (PAC Cidades Históricas)

Fonte: Iphan

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31