SÃO PAULO, São Paulo – O Legado das Águas, maior reserva de Mata Atlântica do País, participa da mostra 'Remanescentes da Mata Atlântica', no Museu da Casa Brasileira, com curadoria de Ricardo Cardim, botânico e parceiro do Legado das Águas.

.A Reserva é exposta na mostra como o único exemplar de floresta integral, reafirmando o objetivo do Legado das Águas que realiza um trabalho destinado ao desenvolvimento econômico local aliado à conservação da Mata Atlântica. O Legado das Águas é uma área privada de 31 mil hectares de Mata Atlântica, equivalente a 1,5% da área residual do bioma.

"Conhecer a história da Mata Atlântica e de seu uso ao longo dos últimos 150 anos é revelador, quando pensamos na importância da conservação dos remanescentes atuais. Ricardo Cardim e o Museu da Casa Brasileira estão de parabéns por possibilitar essa reflexão, por meio dessa exposição", conta David Canassa, diretor da Reservas Votorantim.

Localizado no Vale do Ribeira, no sul do Estado de São Paulo, abrange três municípios – Juquiá, Miracatu e Tapiraí – foi constituído pela aquisição de diversas áreas entre as décadas de 1920 e 1950 pela Votorantim.

Visitação
Museu da Casa Brasileira – Av. Brg. Faria Lima, 2705, Jardim Paulistano – São Paulo
Terça a Domingo, 10h às 18h
Ingressos: R$ 10 e R$5 (meia-entrada) | Gratuito aos finais de semana e feriados
Visitas orientadas: (11) 3026-3913

Fonte: divulgação por e-mail

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31