MINAS GERAIS, Belo Horizonte - Sob a curadoria do artista plástico Leo Piló, a terceira edição do Presépio Colaborativo da Casa Fiat de Cultura traz o tema dos povos tradicionais ameríndios (índios brasileiros, Incas, Maias e Astecas) numa típica mata do cerrado.

As peças são construídas coletivamente, por meio de ateliê abertos com o artista entre os dias 1 e 26 de novembro. O resultado dessa construção criativa será inaugurado no dia 30 de novembro de 2017.

O Ateliê Aberto
Assim como nas edições anteriores, um mês antes da abertura do presépio a Casa Fiat de Cultura promove uma série de encontros com pessoas interessadas a participarem da confecção dos elementos que irão compor o presépio.

De 01 a 26 de novembro, de quarta a domingo, nos horários das 10h às 12h e das 13h às 18h, Leo Piló orienta os participantes a elaborarem elementos da flora e da fauna que irão compor a mata do presépio.



O artista Leo Piló
Mineiro de Belo Horizonte, Leo Piló é um artista inquieto, criativo, simples e dinâmico. Apresenta trabalhos inusitados, feitos de materiais não convencionais, treinando os olhares para novas possibilidades de construção – que revise atitudes e métodos de redução, reciclagem e reutilização – e meios de sustentabilidade. Sempre compartilhando as técnicas desenvolvidas por meio do aprendizado, o artista procura criar um elo entre arte e natureza, promovendo metodologia de reutilização de resíduos urbanos e gerando novas possibilidades inseridas na realidade atual, em termos de cultura, arte, educação, recursos econômicos e outros benefícios.

O Lixo se tornou uma especialidade com o trabalho desenvolvido através da reciclagem e dos catadores com o artista Leo Piló que sempre tem como foco a busca de nova consciência ecológica e a pragmaticidade do seu trabalho na sociedade. Com grande admiração, agradeço ao artista Leo Piló por este valioso e sustentável trabalho que nos ensina cada vez mais a respeitar nosso planeta.

Durante quase 15 anos, o artista trabalhou na associação ASMARE e ministrou várias oficinas de cenografia, costura, novas possibilidades, papelaria e marcenaria. Um dos grandes destaques de sua carreira foi a exposição Lixoarte, que tinha como objetivo criar, com materiais recicláveis, móveis e objetos para mobiliar uma casa. Em 2014, Leo Piló criou instalações para a exposição “Recosturando Portinari na Casa Fiat de Cultura, por Ronaldo Fraga, e, desde 2015, é o curador do Presépio da Casa Fiat de Cultura.

Serviço
Data: 01 a 26 de novembro, de quarta a domingo
Horários: 10h às 12h e das 13h às 18h
Participação Gratuita
Informações: 31-3289-8910

Fonte: Casa Fiat de Cultura

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31