DISTRITO FEDERAL, Brasília - Cerca de R$18 milhões serão investidos pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico (Iphan) para a preservação de importantes bens do patrimônio cultural da Bahia. Serão quatro cidades beneficiadas - Santo Amaro, Maragogipe, Itaparica e São Félix - com obras de restauração de cinco bens, que serão iniciadas a partir desta segunda-feira, dia 05 de fevereiro, quando serão assinadas as respectivas ordens de serviço.

Em Santo Amaro, será iniciada a restauração da antiga Casa de Câmara e Cadeia, edifício construído em 1769, e que abrigou a cadeia pública e a Imprensa Oficial da antiga vila. Tombado pelo Iphan desde 1941, o prédio é hoje sede da Câmara de Vereadores e da Prefeitura Municipal de Santo Amaro. Além do restauro integral do edifício, a obra prevê também a restauração do acervo de bens móveis e integrados ao monumento, com previsão de investimentos de quase R$4 milhões.

Maragogipe, por sua vez, receberá a obra de restauração da Igreja Matriz de São Bartolomeu, contando com previsão de investimentos de mais de R$6 milhões. Também tombado pelo Iphan desde 1941, o templo foi construído em meados da década de 1650 e receberá ordem de serviço para o início de seu restauro arquitetônico, mas também de seu rico acervo de bens móveis e integrados.

Já no município de Itaparica serão iniciados os trabalhos de restauração da Igreja Matriz do Santíssimo Sacramento e da Igreja de São Lourenço, somando recursos de R$6,4 milhões. Pontos marcantes e simbólicos da cidade, os dois templos serão restaurados em conjunto, assim como seus acervos. A obra da Igreja Matriz, além da restauração, também inclui a instalação de um auditório, voltado às atividades litúrgicas e outros usos.

O município de São Félix receberá recursos de R$1,2 milhões, destinados à restauração emergencial do Paço Municipal. O edifício, que abrigava a sede da Prefeitura Municipal e também é parte do conjunto protegido pelo Iphan como patrimônio cultural, receberá intervenções após o desabamento parcial do forro de cobertura do pavimento superior, visando sua estabilização e a restauração de elementos decorativos, pinturas artísticas e outras instalações prediais.

A solenidade para assinatura das ordens de serviço será realizada na Casa dos Sete Candeeiros, sede da Superintendência do Iphan na Bahia, com a presença da presidente do Iphan, Kátia Bogéa, do diretor de Projetos Especiais do Iphan, Robson de Almeida, do superintendente do Iphan na Bahia, Bruno Tavares, e os prefeitos dos referidos municípios.

Medalha Mário de Andrade
Na mesma ocasião, o Iphan também celebrará algumas personalidades com a entrega da Medalha Mário de Andrade, criada para homenagear parceiros que vem contribuindo para o reconhecimento, valorização e preservação do Patrimônio Cultural Brasileiro. Na Bahia, receberão a honraria Mário Mendonça de Oliveira, Paulo Ormindo de Azevedo, Eduardo Furtado de Simas, Olympio José Trindade Serra, Ordep José Trindade Serra e Mãe Stella de Oxóssi.

Criada em 2017 como parte das comemorações dos 80 anos do Iphan, a Medalha Mário de Andrade vem sendo concedida a diversas personalidades e instituições brasileiras, como agradecimento e reconhecimento oferecido a esses parceiros, por seu notório apoio na promoção e proteção dos bens culturais do Brasil, de modo a garantir sua permanência e usufruto para as gerações atuais e futuras; no incentivo à continuidade dos trabalhos do Iphan; e nas ações que enaltecem e valorizam a riqueza cultural brasileira.

Serviço
Solenidades Superintendência do Iphan na Bahia
Data: 05 de fevereiro de 2018
Entrega da Medalha Mário de Andrade - 10h
Assinatura das ordens de serviço das obras em Santo Amaro, Maragogipe, Itaparica e São Félix - 11h
Endereço: Casa dos Sete Candeeiros, Rua de São Francisco, 04, Centro Histórico de Salvador (BA)

Fonte: Iphan

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31