RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - O prefeito Marcelo Crivell assinou, neste domingo (22/04), o termo de cessão de uso de uma área no Morro do Pasmado, em Botafogo, na Zona Sul, onde será construído o Memorial do Holocausto.

A solenidade aconteceu no Clube Israelita Adolph Bloch, na Barra da Tijuca, durante as comemorações do "Yom Haatzmaut", que celebrou os 70 anos da independência do estado de Israel. A área foi cedida à Associação Cultural Memorial do Holocausto, responsável pela captação de recursos da iniciativa privada para execução de todo o projeto.

Para o prefeito, a obra sob sua gestão simboliza o compromisso da Prefeitura do Rio com a igualdade e respeito aos povos:

"A importância de lembrar este momento é para que o passado não volte. A história mostra que quando a gente não vigia, o passado volta. Então, nós temos que vigiar. Ensinar nossas crianças na escola, nossos jovens nas universidades. A maior homenagem que podemos prestar aos seis milhões de mortos vítimas do nazismo é bradar ao mundo: Holocausto, nunca mais!".

O projeto do Memorial é de autoria do arquiteto André Orioli, vencedor do concurso promovido pelo Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB) em parceria com o governo municipal.

O presidente da Associação Cultural Memorial do Holocausto, Arnon Velmovitsky, disse que o sonho de mais de duas décadas vai se tornar realidade:

"A cessão do terreno é um passo fundamental para tornarmos esse sonho uma realidade. Há 25 anos, desde a ideia do Memorial, aguardamos para tirar do papel esse projeto que resgata uma história e serve de alerta e reflexão paras as próximas gerações".

Agora, a Associação Cultural tem 120 dias para apresentar o cronograma das obras para a aprovação da Secretaria Municipal de Urbanismo, Infraestrutura e Habitação. No projeto está prevista a construção de uma torre dividida em 10 partes, simbolizando os mandamentos bíblicos. O monumento terá 22 metros de altura e, em sua base, será escrito "Não matarás".

O local contará ainda com rampas de acesso, área para solenidades, galeria circular com três divisões, espaço de mídias digitais, auditório para 130 pessoas, copa, administração e sala de reuniões.

Além do Memorial, o Parque Yitzhak Rabin vai ganhar infraestrutura turística, com instalação de um novo quiosque e delimitação de vagas para estacionamento. Os visitantes terão à disposição wi fi gratuito, bicicletário e banheiro.

Fonte: Prefeitura do RJ

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31