RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - Mais famoso e popular dos balés românticos, o Lago dos Cisnes será apresentado no Theatro Municipal do Rio de Janeiro – vinculado à Secretaria de Cultura –, pelo Ballet e Orquestra Sinfônica do Municipal nos dias 10, 14, 15, 17 e 18 de junho, às 20h, e nos dias 11 e 12 de junho, às 17h.

Com música de Piotr Tchaikovsky, a montagem é uma versão coreográfica de Yelena Pankova, criada especialmente para o Ballet do Theatro Municipal, em 2006, e que teve como base a criação original dos coreógrafos Marius Petipa e Lev Ivanov. A temporada deste balé celebra os 80 Anos do Ballet do Municipal.

Irão se revezar nos papéis centrais os primeiros bailarinos Claudia Mota, Márcia Jaqueline, Karen Mesquita, Cícero Gomes, Filipe Moreira e Moacir Emanoel, além dos solistas Carolina Neves, Deborah Ribeiro, Mel Oliveira, Priscila Albuquerque, Priscilla Mota, Anderson Dionisio, Carlos Cabral, Diego Lima, Edifranc Alves, Joseny Coutinho, Murilo Gabriel, Rodrigo Negrie e Wellington Gomes. A produção conta ainda com a participação de alunos da Escola Estadual de Dança Maria Olenewa. O Ballet do Theatro Municipal tem direção artística de Ana Botafogo e de Cecília Kerche. Na regência, estará o maestro Javier Logioia Orbe.

Divisor de águas na história do balé clássico, ao trazer uma série de inovações ao gênero – como os trajes tutus, para facilitar os movimentos de maior técnica exigidos pela coreografia às bailarinas –, o Lago dos Cisnes fez sua estreia em 1877, para o Teatro Bolshoi de Moscou.

- O Lago dos Cisnes é considerado um dos maiores clássicos da dança, sendo reconhecido como o título que melhor representa a arte do balé. Seus elementos constitutivos, roteiro, música e coreografia, ainda que individualmente possam ser julgados de forma mais crítica, formam uma obra-prima que, desde sua recriação em 1895, se tornou universal - disse o diretor artístico da Fundação Teatro Municipal do Rio de Janeiro, maestro André Cardoso.

A história do Ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiros começa em 1927 quando a bailarina Maria Olenewa funda a primeira Escola de Dança do Brasil, sediada no Theatro Municipal. Inicialmente, Corpo de Baile e Escola de Dança se fundiam numa única estrutura na apresentação de espetáculos, até que em 1936, foi oficialmente criado o Corpo de Baile com a separação definitiva entre escola e companhia profissional. Em 1937, sob a direção de Maria Olenewa, estreou a Primeira Temporada Nacional de Bailados. A coreógrafa Eugenia Feodorova estreou no Theatro Municipal em 1958 como Maître de Ballet e montou pela primeira vez na América do Sul o Lago dos Cisnes completo. Desde os primórdios de suas atividades, a Companhia de Ballet vem sendo dirigida por ícones da dança no país, brasileiros ou não, a exemplo, também de Vaslav Velchek, Tatiana Leskova, Dalal Achcar, Nora Esteves, Dennis Gray e Jean-Yves Lormeau, incluindo as atuais diretoras artísticas.

Fonte: Jornal do Brasil

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31