RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - A Prefeitura do Rio determinou a abertura do registro do Quilombo da Pedra do Sal como Patrimônio Imaterial do Rio.

Pedra do Sal, na Zona Portuária do Rio (Foto: Alexandre Maciera/ RioTur)

A decisão, publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (6/7), em decreto do prefeito Marcelo Crivella, leva em consideração o conceito de Abdias Nascimento, que defendia a ideia de que quilombo é um movimento amplo e permanente, que se caracteriza pela dimensão da vivência de povos africanos que se recusavam à submissão, à exploração e à violência do sistema colonial e do escravismo. O documento ressalta o papel do Quilombo da Pedra do Sal como um local de identificação, reconhecimento, valorização e preservação da identidade e cultura produzidas pelos movimentos quilombolas.

O decreto justifica-se também por sua importância como um quilombo urbano formado por grupos étnicos, com estrutura organizacional própria, que confere uma relação de pertencimento e mantém vivas tradições e costumes ancestrais, em relação inseparável com seu território e sua história. Não à toa, o Quilombo Pedra do Sal está inserido no território conhecido como Pequena África, palco de luta da comunidade quilombola da Pedra do Sal contra a expulsão de seu território desde meados do século XIX. Em 2005, o Quilombo Pedra do Sal recebeu certificação da Fundação Cultural Palmares.

Ainda de acordo com o decreto, o registro deverá ocorrer em um prazo máximo de um ano, contado a partir da data de publicação do decreto, devendo ser apresentados estudos visando à elaboração de Inventário, que será avaliado pelo Conselho Municipal de Proteção do Patrimônio Cultural (CMPC). Este conselho, então, determinará sua inscrição no Livro de Registro dos Lugares, ou porventura, em Livro de outra natureza.

Além disso, o Instituto Rio Patrimônio da Humanidade (IRPH) será responsável por pesquisar, documentar, inventariar, registrar e definir políticas para a preservação da estrutura e da cultura do local. A tarefa receberá apoio de outros órgãos da Prefeitura do Rio, além de entidades de interesse público.

Fonte: Prefeitura do RJ

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31