MINAS GERAIS, Ouro Preto - O Museu Casa Guignard, localizado em Ouro Preto, recebe a exposição 'Alma de Menino' que exibe reproduções de obras que retratam crianças produzidas por Alberto da Veiga Guignard.

Crédito: Divulgação SUMAV

Com abertura prevista para o dia 2 de dezembro (domingo) às 11h, a mostra ficará em exibição no Espaço Cultural Priscila Freire, localizado no pavimento térreo do Museu.

Ao longo de toda a sua vida artística, Guignard pintou retratos de crianças, que em sua grande maioria, eram filhos de seus amigos e de figuras da sociedade. As crianças retratadas em sua obra apresentavam a mesma solenidade dos adultos. Elas posavam sérias, sem trajes de festa, com se estivessem diante de um fotógrafo. Mas ao pintá-las, Guignard criava composições cheias de lirismo com pequenos detalhes nas vestes estampadas, nas tranças e laços nos cabelos, detalhes que estavam em constante harmonia com o fundo dos quadros, quase sempre uma paisagem mineira.

Com curadoria de Gélcio Fortes, Coordenador do Museu Casa Guignard e de Tadeu Bandeira, Diretor do Centro de Arte Popular, a exposição Alma de Menino apresenta ao público cinquenta reproduções, em formatos diversos, impressas digitalmente em fine art. Para Tadeu Bandeira, “percorrer o mundo infantil de Guignard é ressuscitar a grandeza e humildade da obra de um dos mais lúcidos e representativos pintores brasileiros”. élcio Fortes relata que “na memória dos moradores de Ouro Preto que o conheceram ainda meninos, pelas ruas da cidade, fica a lembrança daquele ser mágico com suas telas e pincéis, capaz de colocar mais um balãozinho na paisagem para homenageá-los, quando se aproximavam de seu cavalete. Alguns dos seus amigos mais próximos descreviam-no como um “menino grande” ou, um “grande artista com alma de menino”.

O público poderá conferir, durante a abertura da Mostra Alma de Menino, a obra de São Sebastião, pintada por Guignard, em óleo sobre tela, que passa a integrar ao acervo da exposição de longa duração do Museu Casa Guignard e que cedida em comodato pela Universidade Estadual de Minas Gerais – UEMG ao Museu.

Alberto da Veiga Guignard
Nasceu em Nova Friburgo (Rio de Janeiro) em 1892 e aos 11 anos, mudou-se para a Europa com a família. Lá permaneceu por mais de vinte anos, estudando desenho e pintura em importantes academias na Itália e Alemanha. De volta ao Brasil, em 1929, fixou-se no Rio de Janeiro, instalando seu ateliê no jardim Botânico. No ano seguinte, iniciou a carreira de professor de arte, passando a ensinar desenho e pintura para crianças na Fundação Osório. Em 1940, transferiu-se para a cidade de Itatiaia, também no Rio de Janeiro, onde passou curtas temporadas. Associado a um grupo de jovens amigos artistas, em 1942 organizou um ateliê coletivo, que se chamou a Nova Flor de Abacate. Dois anos depois, a convite de Juscelino Kubitschek, então prefeito de Belo Horizonte, mudou-se para a capital mineira.

À frente da escola de pintura que hoje traz o seu nome, Guignard teve papel decisivo na formação da geração de artistas modernistas mineiros. Viajava a Sabará, Lagoa Santa e, com mais frequência, a Ouro Preto, cidade que lhe inspirou e onde residiu nos últimos anos de sua vida. Morreu em Belo Horizonte, em 1962 e está sepultado, conforme seu desejo, na Igreja São Francisco de Assis, em Ouro Preto. É considerado um dos maiores pintores brasileiros do século XX.

Museu Casa Guignard
O Museu Casa Guignard – MCG é um dos sete museus geridos pela Superintendência de Museus e Artes Visuais da Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais. Localizado em Ouro Preto, foi criado dois anos após o falecimento de Alberto da Veiga Guignard (1896-1962), impulsionado pelo velho ideal de se implantar em Minas Gerais um espaço dedicado ao artista. Guignard viveu seus últimos dezoito anos de vida nesse estado, contribuindo como artista e educador, explorando as paisagens, pessoas e os movimentos artísticos sua época. Nesse sentido, esse espaço destina-se à pesquisa, preservação, divulgação e experimentação da vida e obra do artista.

Inaugurado somente em 1987, em edificação datada do inicio do século, o museu integra o conjunto arquitetônico tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN - e Patrimônio Cultural e Natural Mundial pela UNESCO. Embora o artista nunca tenha residido no local, o espaço foi adaptado para atender ao uso como museu dedicado à vida e à obra de Guignard. O acervo é constituído por 415 peças, como desenhos, cartões, pinturas sobre madeira, telas, objetos decorados, além de documentação sobre a atuação do artista (reportagens de jornais e revistas, livros, depoimentos gravados, fotografias, vídeos e documentos pessoais). Nesse contexto, duas coleções merecem destaque por sua exclusividade, o conjunto de 111 cartões do álbum dedicado a Amalita Fontenele e o conjunto de 145 fotografias do artista em Ouro Preto, realizadas por Luis Alfredo Ferreira em 1962.

As ações educativas têm se pautado a partir do próprio direcionamento deixado pelo artista, que atuou como educador, expressivamente, em Belo Horizonte e Ouro Preto. Práticas de sensibilização, de educação do olhar, de apreciação e representação da paisagem da cidade são referências importantes para o desenvolvimento das atividades educativas do Museu, pautadas nos direcionamentos deixados pelo próprio artista, que atuou como educador, expressivamente, em Belo Horizonte e Ouro Preto. Um exemplo notável é o projeto Passos de Guignard em Ouro Preto, que demarca e explora os locais da cidade nos quais o artista realizou suas obras. Dentre outras atividades, a instituição promove exposições, palestras, testemunhos do trabalho do artista, constituindo-se, assim, um centro aberto para pesquisadores, artistas, estudantes de arte e público em geral.

Serviço
Evento: Exposição ALMA DE MENINO
Abertura : 2º de dezembro de 2018
Entrada: GRATUITA
Local: Museu Casa Guignard
Rua Conde de Bobadela (Rua Direita) nº 110 – Ouro Preto/MG
Horário de Funcionamento: terça a sexta-feira de 12 às 18h, sábado, domingo e feriado de 10 às 15h
Informações e agendamentos: (31) 3551- 5155

Fonte: SEC MG

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31