RIO DE JANEIRO, Rio de janeiro - Depois de rodar pelo país em busca de histórias sobre o céu, a artista Paula Scamparini apresenta no Oi Futuro a videoinstalação ORUN, com curadoria de Alberto Saraiva, no centro cultural no Flamengo.

Yapatsatama Waurá (Foto: divulgação)

De 04 de fevereiro a 31 de março, os visitantes terão a chance de assistir a depoimentos de diferentes culturas sobre suas relações de convívio com o céu.

A exposição conta com 63 monitores suspensos, distribuídos por todo o quarto andar do Oi Futuro. Cada equipamento transmitirá em loop a fala de um ou mais participantes. Povos da cidade (incluindo astrofísicos), povos da floresta (indígenas), povos do interior pantaneiro (quilombolas), das montanhas e do sertão narram suas interpretações sobre o cosmo em variados sotaques, idiomas e dialetos.

Além dos relatos, Paula teve a chance de enriquecer seu conhecimento cultural vivenciando a rotina de cada povo. Para chegar nos 63 discursos selecionados, foram mais de 200 bate-papos em cerca de 15 idiomas. “A verdadeira história é justamente a que está viva dentro de cada um de nós. A ideia é formar uma constelação de pessoas narrando sobre sua própria maneira de se relacionar com o universo”, explica a artista, que conversou com índios, astrônomos, líderes sociais, representantes étnicos etc.

Artista paulistana radicada no Rio de Janeiro, Paula Scamparini iniciou a pesquisa sobre o céu em 2015, no Morro da Conceição. O propósito era o mesmo. Sair a campo atrás de perguntas e respostas celestiais. De lá para cá não parou mais. Do Observatório do Valongo, no Centro, à Aldeia Xavante, no Mato Grosso, a artista gravou ricos discursos, que cruzarão o espaço expositivo em vários tons.

“Todos lidam com o céu de alguma maneira, desde o uso cotidiano na roça até a projeção de imagens de um sagrado, e até de si mesmas. Essa relação conecta todos os povos. Quero proporcionar a partir dessas vozes e linguagens de diferentes povos brasileiros, uma espécie de escambo de memórias, aproximando-nos, gerando empatia. Isso pode fazer pensarmos mais seriamente na maneira que vivemos hoje nas cidades. Convido o público a criar seu próprio céu e reformular seu olhar não só para o alto, mas para si mesmo”, sublinha Paula.

Patrocínio: Governo do Rio de Janeiro | Secretaria de Cultura e Economia Criativa | Lei Estadual de Incentivo à Cultura | Oi

Realização: Oi Futuro | Tamanduá | AREA27

Mais sobre a artista
Paula Scamparini (Araras,SP-1980) vive e atua no Rio de Janeiro. Representada pela Galeria Aura de São Paulo, tem apresentado com frequência seu trabalho em países como Portugal, Áustria e Alemanha. Graduada em Artes Visuais (Unicamp), Mestre e Doutora (UFRJ), é atualmente professora da Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Exposições Individuais: Galeria MAG 3 (Viena 2018); Galeria Aura (SP, 2018); Quase Galeria e Museu Nacional Soares dos Reis (Porto, Portugal, 2017); GPL Contemporary Space IV (Viena, Austria, 2015); IBEU (RJ, 2015); GEDOK Munchen (Munique, 2014); Casa de Cultura da America Latina (DF,2014). Exposições coletivas: Galeria Athena Contemporânea (RJ,2017); Galeria Blau Projects (SP, 2016); Projeto A MESA (RJ, 2016); Carpe Diem Arte e Pesquisa (PT, 2015); Rathaus Galerie Munchen (AL, 2015); Kunstlerhaus Wien (AU, 2014); Fuorifestival (IT, 2015); Bienal de Cerveira (PT, 2014); Centro Municipal de Arte Helio Oiticica (RJ, 2012). Residências: Quase Galeria e Museu Nacional Soares dos Reis (Porto, PT, 2017); Oficinas do Convento (PT, 2016); Carpe Diem Arte e Pesquisa (PT, 2015); GEDOK Munchen (AL, 2014); La CourDieu (FR, 2012); Bienal de Cerveira (PT, 2011).

Sobre o Oi Futuro
O Oi Futuro, instituto de inovação e criatividade da Oi, promove ações de Educação, Cultura, Inovação Social e Esporte para melhorar a vida das pessoas e transformar a sociedade. O instituto impulsiona iniciativas colaborativas e inovadoras, fomenta experimentações e estimula conexões que potencializam o desenvolvimento pessoal e coletivo. Na Cultura, o instituto é um catalisador criativo, impulsionando pessoas através das artes, estimulando a cocriação e promovendo o acesso à cultura na era digital. O Oi Futuro mantém um centro cultural no Rio de Janeiro, com uma programação que valoriza a produção de vanguarda e a convergência entre arte contemporânea e tecnologia, e realiza o Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados, que seleciona projetos em todas as regiões do país por meio de edital público. O Instituto também tem o Museu das Telecomunicações, pioneiro no uso da interatividade no Brasil, e o LabSonica, laboratório de experimentação sonora e musical.

Serviço
Individual ORUN – Paula Scamparini
Visitação: 05 de fevereiro a 31 de março de 2019

Local: Centro Cultural Oi Futuro
Endereço: Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo
(21) 3131.3060 | oifuturo.org.br
Visitação: 3ª a domingo, das 11h às 20h.
Entrada franca | Classificação etária: Livre

Fonte: divulgação por e-mail

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31