MINAS GERAIS, Belo Horizonte - Em aula magna nesta terça-feira, 12, a partir das 14h, no âmbito do Programa de Pós-graduação em Letras: Estudos Literários (Pós-Lit), a professora Susan Suleiman, emérita da Universidade de Harvard, abordará o tema Crises de memória e a Segunda Guerra Mundial.

Foto: Allen Reiner/susansuleiman.com

A palestra, com mediação da reitora Sandra Regina Goulart Almeida, será ministrada em inglês, com tradução simultânea.

Em seguida, haverá o lançamento do livro com o mesmo título, publicado pela Editora UFMG. Aberto ao público, o evento será realizado no auditório do Centro de Atividades Didáticas de Ciências Humanas (CAD 2), no campus Pampulha. Mais informações sobre o lançamento podem ser obtidas na Editora UFMG, pelo telefone (31) 3409-4650.

A obra
No livro Crises de memória e a Segunda Guerra Mundial, Suleiman examina a crise de memória relativa à Segunda Guerra, por meio de exemplos específicos nos quais as memórias individuais da guerra entrecruzam-se com a memória coletiva ou pública. Ela sustenta que essa memória, embora nacionalmente específica, transcende as fronteiras geográficas.

De acordo com os tradutores Jacques Fux e Alcione Cunha da Silveira, diante da violência irrestrita, presente no cotidiano de inúmeros povos ao longo da história, a obra questiona como lidar com o incessante jogo da memória e do esquecimento. Também permeiam o livro questões como o papel dos discursos da contemporaneidade, especialmente os literários, artísticos e filosóficos, no processo de ressignificação dos traumas do passado.

Em texto de apresentação do livro, os tradutores escrevem que a autora "reconhece a importância do testemunho neste movimento de reconstrução, mas, ao analisar, entre outros, o governo de Vichy e a Resistência francesa, propõe uma reflexão sobre o caráter subjetivo e parcial de certos relatos".

A dupla observa que, "na esteira das experiências humanas de dimensões catastróficas, o esquecimento é inevitável, mas recordar, repetir e elaborar também o são. Nesse contexto, falar sobre memória implica também falar de suas arestas. Com o memorioso aprendemos que é impossível refletir sem esquecer; com Suleiman descobrimos que o perdão e a possibilidade de remissão também atravessam esse processo."

A autora
Susan Rubin Suleiman nasceu em Budapeste e, ainda criança, emigrou com os pais para os Estados Unidos. Integra o corpo docente da Universidade de Harvard desde 1981 e atualmente é titular da Cátedra C. Douglas Dillon de Civilização Francesa e Literatura Comparada.

A professora Suleiman tem artigos e livros publicados nos campos de literatura e cultura, literatura e filme e da teoria feminista. Aborda temas como trauma, memória e o Holocauto. Entre os prêmios pelo seu trabalho, recebeu, em abril de 2018, a Légion d’Honneur, mais alta condecoração da França.

Livro: 'Crises de memória e a Segunda Guerra Mundial'
Autora: Susan Suleiman
Tradutores: Jacques Fux e Alcione Cunha da Silveira (tradução)
Editora UFMG
Preço: 69

Fonte: UFMG

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31