SÃO PAULO, São Paulo - Casa das Rosas, Casa Guilherme de Almeida e Casa Mário de Andrade, trazem reflexões sobre o tema 'Museus como Núcleos Culturais: O Futuro das Tradições'.

Entre os dias 13 e 19 de maio acontece a 17ª Semana Nacional de Museus. Idealizada pelo ICOM, Conselho Internacional de Museus, a Semana celebra o Dia Internacional dos Museus (18 de maio) e, em mais uma edição, conta com a participação da Rede de Museus-Casas Literários, formada por Casa das Rosas, Casa Guilherme de Almeida e Casa Mário de Andrade - equipamentos da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, administrados pela Poiesis. Com o tema "Museus como Núcleos Culturais: O Futuro das Tradições", as instituições realizarão diversas atividades para fomentar reflexões acerca do assunto.

Partindo da complexidade da obra de Paulo Leminski, o Ibram, Instituto Brasileiro de Museus, nos convida a olhar para os museus como espaços que podem nos proporcionar a experiência da multiplicidade. "A literatura, assim como os museus, nos permite viajar em direção ao outro e a si mesmo [...] Sua diversidade nos ensina sobre a diversidade da vida e suas múltiplas potencialidades", relaciona o Instituto. Dessa maneira, o tema proposto para esse ano busca estimular o pensar sobre os diversos núcleos culturais e suas relações com o que está à sua volta.

Confira a programação da Rede de Museus-Casas Literários
Antecipando o início oficial da Semana de Museus, a partir do dia 7 de maio, a Casa Mário de Andrade realiza o curso Salvaguarda do Patrimônio Imaterial: Origens, Dilemas e Perspectivas, que pretende discutir questões relacionadas ao patrimônio imaterial brasileiro, desde as concepções formuladas por Mário de Andrade, na década de 1930, até o momento atual, com coordenação de Marly Rodrigues, Walter Pires e Andréa de Oliveira Tourinho.

Também antes do início das atividades da Semana, no dia 9/5, começa o curso Literatura de Cordel. O cordelista João Gomes de Sá conduzirá os participantes a desenvolverem seus próprios textos, baseados na história e tradição daquele gênero literário que recentemente foi reconhecido como patrimônio imaterial pelo IPHAN.

Ainda na Casa Mário, no dia 11 de maio, a palestra Ação Educativa e o Futuro das Tradições, com a educadora do IEB-USP Elly Rozo Ferrari, pretende demonstrar as contribuições das ações educativas na promoção de acervos. As inscrições podem ser feitas pelo site do Museu, até 11/5.

Encerrando sua participação na Semana, a Casa promove, no dia 18, a palestra A Preservação das Tradições Populares em Espaços Museológicos com Renato de Cara, bacharel em jornalismo pela PUC-SP, produtor e curador de arte. O público terá a oportunidade de conhecer as ações realizadas por museus, incluindo a Casa Mário de Andrade, no sentido da preservação e difusão das práticas relacionadas às manifestações culturais populares, pertencentes à tradição brasileira. Inscrições até 18/5, pelo site do Museu.

No dia 17, a Casa das Rosas realizará uma visita temática a partir do tema proposto pela Semana. Conduzida pelo núcleo de ação educativa da Casa, o objetivo da atividade é propor reflexões sobre a função dos museus e espaços culturais como formadores de novas tradições. Para participar é necessário realizar inscrição online ou presencialmente, na recepção da Casa das Rosas, até o preenchimento das vagas.

Já a Casa Guilherme de Almeida apresenta uma proposta para o público infanto-juvenil. No dia 18, o Museu realiza a oficina Desenhos Acessíveis, com a qual busca despertar um olhar sensível às questões de acessibilidade. Inscrições até 18/5, pelo site da Casa Guilherme.

Sobre a POIESIS
A instituição, que tem por objetivo o desenvolvimento sociocultural e educacional, com ênfase na preservação e difusão da língua portuguesa, desenvolve e gere programas e projetos, pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais voltados para o complemento da formação de estudantes e público em geral. A POIESIS trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da língua e da literatura.

Serviço
Casa Mário de Andrade
Salvaguarda do Patrimônio Imaterial: Origens, Dilemas e Perspectivas
7 de maio a 25 de junho, terças-feiras, das 19h às 21h.
Vagas esgotadas. Lista de espera aberta.

Literatura de Cordel
9 de maio a 13 de junho, das 19h às 21h.
Inscrições até 13/6, pelo site da Casa Mário de Andrade.

Ação Educativa e o Futuro das Tradições
11 de maio, sábado, das 16h às 18h.
Inscrições até 11/5, pelo site da Casa Mário de Andrade.
A Preservação das Tradições Populares em Espaços Museológicos
18 de maio, sábado, das 16h às 18h.
Inscrições até 18/5, pelo site da Casa Mário de Andrade.

Casa das Rosas
Visita temática
17 de maio, sexta-feira, das 15h às 16h.
Inscrições até o preenchimento das vagas (20), pelo site da Casa das Rosas.

Casa Guilherme de Almeida
Desenhos Acessíveis
18 de maio, sábado, das 15h às 16h30.
Inscrições até 18/5, pelo site da Casa Guilherme de Almeida.

Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura
Avenida Paulista, 37 – Paraíso – São Paulo (próximo à estação Brigadeiro do metrô)
Telefone: (11) 3285-6986 | 3288-9447
Funcionamento: de terça-feira a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos e feriados, das 10h às 18h
Convênio com o estacionamento Parkimetro: Alameda Santos, 74 (exceto domingos e feriados)
www.casadasrosas.org.br

Casa Guilherme de Almeida
Anexo: Rua Cardoso de Almeida, 1943 – Perdizes – São Paulo
Museu: Rua Macapá, 187 – Perdizes

Telefone: (11) 3673-1883 | 3672-1391
Funcionamento: de terça-feira a domingo, das 10h às 18h
www.casaguilhermedealmeida.org.br

Casa Mário de Andrade
Rua Lopes Chaves, 546 - Barra Funda - São Paulo
Telefone: (11) 3666-5803 | 3826-4085
Funcionamento: de terça-feira a sábado, das 10h às 18h
www.casamariodeandrade.org.br

Fonte: divulgação por e-mail

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31