MINAS GERAIS, Belo Horizonte - O Instituto Casa da Glória, em Diamantina, receberá, nesta sexta-feira, 1º, memorial em celebração aos 100 anos do Colégio Nossa Senhora das Dores, que funcionou no prédio do Instituto de 1867 a 1966.

Com o objetivo de difundir valor patrimonial de casarões e de valorizar diferentes usos dos espaços ao longo do tempo, a exposição, de caráter permanente, conterá fotos do Colégio, dedicado à educação feminina e dirigido por irmãs francesas da irmandade de São Vicente de Paulo.

A mostra também inclui textos sobre a educação religiosa feminina no Brasil e depoimentos de ex-alunas que frequentaram a instituição de 1937 a 1966: elas abordam ambiente, rotina de aulas, convivência entre internas, externas, órfãs e irmãs e contam histórias do cotidiano. Os visitantes poderão circular pelos espaços da Casa.

A visitação, gratuita, será de segunda a domingo, das 8h às 18h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (38) 3531-1394.

Instituto Casa da Glória
Com o objetivo de propiciar o desenvolvimento de atividades de ensino e pesquisa relacionadas às ciências da terra, o Instituto Casa da Glória foi criado, em 2001, como órgão complementar do Instituto de Geociências da UFMG. Atende às atividades do Centro de Geologia Eschwege, além de atividades acadêmicas como trabalhos de campo de disciplinas dos cursos de geografia, geologia, turismo, engenharia de minas e ciências biológicas. O Instituto também sedia festivais, seminários, cursos e simpósios promovidos por entidades técnico-científicas, por unidades acadêmicas e por órgãos públicos.

Fonte: UFMG

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31