SÃO PAULO, São Paulo - O Museu da Cana – Instituto Cultural Engenho Central, em Pontal, recebe de 9 de outubro a 3 de novembro, a exposição “Ser Naïf”.

A mostra é composta por 24 obras representativas de dois expoentes da pintura Naïf da Região Metropolitana de Ribeirão Preto: Con Silva, de Batatais, e Blanco Castro, de Jaboticabal.

Com curadoria de Thaís Creolezio, produção-executiva de Rodrigo Touso e coordenação geral de Larissa Rizzatti, a exposição é fruto do Edital de Chamada Pública para Exposições Itinerantes da ACAM Portinari com o Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP) – instância da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo.

O sincretismo religioso afro e católico, as manifestações tradicionais católicas e narrativas bucólicas e urbanas são os temas principais presentes nas obras de ambos os artistas.

“Considerada a arte da espontaneidade, da criativadade intuitiva, da imaginação autêntica e do artista mais preocupado em ser do que fazer, a arte Naïf tem a capacidade de nos colocar em contato com estéticas não consagradas, mas profundamente capazes de nos conectar às emoções e sentimentos mais primordiais”, informa o texto curatorial.

Ao longo das últimas décadas, a arte Naïf alcançou expressiva presença em salões e bienais internacionais no Brasil e no exterior. Apesar da conquista desta visibilidade nestes circuitos culturais específicos, ainda se trata de uma expressão artística objeto de estudos para se entender o lugar que ocupa na produção cultural contemporânea.

Neste ano, a mostra já passou por Franca, Batatais, Jardinópolis, Cravinhos, São Simão, Dumont e Jaboticabal, formando um corredor de itinerância de aproximadamente 350 quilômetros. Oficinas de arte com Con Silva também fazem parte do circuito.

SISEM-SP
O Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), instância da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, congrega e articula os museus paulistas, com o objetivo de promover a qualificação e o fortalecimento institucional em favor da preservação, pesquisa e difusão do acervo museológico do Estado.

ACAM Portinari
Fundada em 27 de novembro de 1996, a ACAM Portinari (Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari) administra, em parceria com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, três instituições museológicas no interior pertencentes ao Governo do Estado: Museu Casa de Portinari (Brodowski), Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre (Tupã) e Museu Felícia Leirner/Auditório Claudio Santoro (Campos do Jordão). A ACAM, que tem sua sede em Brodowski, tem como principal objetivo o desenvolvimento da área cultural, particularmente a museológica, por meio das colaborações técnico-operacional e financeira. A instituição também apoia as ações do SISEM-SP (Sistema Estadual de Museus), com quem realiza importantes iniciativas, como oficinas de capacitação para museus, oficina de ensino à distância e, ainda, o Encontro Paulista de Museus.

Serviço
Exposição “Ser Naïf”
Onde: Museu da Cana – Instituto Cultural Engenho Central
Endereço: Fazenda Engenho Central, Casa 01, Zona Rural de Pontal/SP
Período: 9 de outubro a 3 de novembro
Expediente: Terça a sexta-feira, das 10h às 16h e domingo, das 10h às 16h.
Informações: (16) 3497-5008

Fonte: SISEM-SP

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31