RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - O diretor do Arquivo Nacional, Jaime Antunes da Silva, foi exonerado após 23 anos no cargo. Quem vai assumir é José Ricardo Marques. O que se diz é que seria para cobrir cota política.

Em carta de despedida, Jaime afirmou que voltará a atuar, com dedicação exclusiva, como professor do Departamento de História da Uerj. Ele trabalhava no Arquivo desde 1965, quando ingressou pouco após completar 18 anos.

Ele escreveu a carta hoje. Leia abaixo alguns trechos:

"Nos próximos dias deixarei de ser Diretor-Geral do Arquivo Nacional, por exoneração da Presidenta da República, Dilma Vana Rousseff, referendada pelo Ministro de Estado da Justiça, José Eduardo Cardozo.

No dia 9 de dezembro de 2015, em audiência em Brasília com o Senhor Ministro da Justiça, este informou-me pessoalmente da intenção de Governo de promover a nomeação de novo Diretor-Geral para o Arquivo Nacional, em atitude que considero como correta.

(...)

Desejo que o Dr. José Ricardo Marques, novo Diretor-Geral do Arquivo Nacional, tenha uma profícua gestão institucional. O novo Diretor-Geral terá a sua disposição todas as informações necessárias para sua integração ao universo arquivístico. Todos os documentos produzidos, textos técnicos e e-mails de minha gestão estão salvos em diretório específico e resguardados para uso futuro."

 

Fonte: Jornal O Globo - Ancelmo Gois

(Nota do editor: notícia originalmente publicada em 19/01/2016 - 25 visitas até 15:33h)

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31