A Secretaria de Estado da Cultura, por meio do Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli (Margs), inaugura nesta terça-feira (17), às 18h30, a exposição “Ivan Pinheiro Machado: Retrospectiva”.

O trabalho de Ivan poderá ser visitado até o dia 19 de junho, na Pinacoteca do Margs, com entrada franca. A mostra traz mais de 90 obras que representam um passeio em quatro décadas de produção artística, desde os anos 1970 até os dias atuais.

São trabalhos que tratam, em sua maioria da temática urbana, extremamente realistas, que procuram captar aspectos inusitados do cotidiano das grandes cidades.

“O que no primeiro momento lembra a fotografia documental de uma cena urbana tem a capacidade de nos capturar para uma nova intuição, o peso subjetivo, o olhar do artista e a poética desta construção inteiramente ficcional”, diz o crítico Jacob Klintowitz sobre a pintura de Ivan Pinheiro Machado.

(SEC RS)

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) e suas unidades vinculadas – Fundação Cultural do Estado da Bahia, Fundação Pedro Calmon e Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia – lamentam o falecimento do artista plástico baiano Sante Scaldaferri, aos 88 anos, na noite deste domingo (15).

A SecultBA transmite o seu pesar aos familiares e amigos. O enterro está marcado para as 17 horas desta segunda-feira (16), no Campo Santo, na Federação.

Nascido em 1928, Sante Scaldaferri graduou-se pela escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia e integrou, na década de 40, a importante geração da revista MAPA, ao lado de Glauber Rocha, Calasans Neto, Florisvaldo Mattos, João Ubaldo Ribeiro e outros importantes nomes.

Em estilo expressionista e, principalmente, no retrato da Bahia e seu cotidiano e do drama do sertão nordestino, sua obra ganhou grande dimensão.

(Secult BA)

A partir da próxima segunda-feira, dia 16 de maio, 1.236 museus e instituições culturais pelo Brasil vão participar da 14ª Semana Nacional de Museus. A data coincide com o aniversário de 17 anos do Museu da Vida (campus da Fiocruz, na Avenida Brasil, 4365, em Manguinhos).

Para comemorar os eventos, o museu preparou uma programação especial, composta por palestras com especialistas, exposições artísticas e culturais, visita e caminhada históricas, além de apresentações de dança, teatro e até um bloco de Carnaval.

A programação completa pode ser conferida em www.museudavida.fiocruz.br

O horário de funcionamento é das 9h às 16h30, de terça a sexta, e no sábado, das 10h às 16h, com entrada gratuita.

Mais informações: tel.: 2590-6747.

(FAPERJ)

Impossível pensar em Paris e não pensar em moda. Para quem gosta de ambos os assuntos, o professor do curso de Moda da Faculdade Santa Marcelina e historiador João Braga fará uma palestra gratuita, no dia 18 de maio, com início às 13h na unidade Perdizes da instituição.

“Capital da França e capital mundial da moda, a cidade de Paris atrai a atenção quando se trata das novidades relativas à moda, e isto não é de agora, vem de longa data”, diz Braga, que tratará do histórico dessa mistura da cidade com o mundo fashion por diversos vieses.

O docente é extremamente querido pelos alunos do curso, principalmente por não limitar suas aulas apenas aos temas primários, mas falar de outras formas de arte, como cinema e arquitetura, por exemplo. Por isso, é possível esperar que a moda seja apenas um dos assuntos relevantes levantados durante a apresentação. O professor ainda afirma que também dará outros panoramas.

Esta palestra tem como objetivo elucidar quando e como Paris tornou-se o centro irradiador de moda, como se reinventa por intermédio das novas dinâmicas do setor”, finaliza. E como a mesma Cidade Luz se atualiza e mantém sua identidade lançadora e legitimadora das propostas de moda”.

Palestra “Paris e a moda” com João Braga
Dia 18 de maio, das 13h às 14h
FASM Perdizes – Auditório Laura Abraão
Rua Dr. Emílio Ribas, 89 – Perdizes - SP

O "Contatos com a arte" dá continuidade aos encontros mensais sobre história da arte com o professor Felipe Martinez. Dessa vez, o tema será o Maneirismo, termo cunhado pelos historiadores para agrupar a produção artística feita entre o período do alta renascença e o início das primeiras manifestações do Barroco. Serão analisadas as diferentes características deste período, por meio das obras de importantes artistas, como Parmigianino, Bronzino, Cellini e Pontormo.

Serviço

O Maneirismo
19 mai (qui)
19h - 21h
Local: Auditório Lina Bo Bardi - MAM. Vagas limitadas.
Inscrições e informações: 11 5085-1313 e Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Atenção:
para inscrição, envie um e-mail com os seguintes dados:
- nome completo
- telefone para contato
- nome da instituição (trabalho/ ensino)

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31