DISTRITO FEDERAL, Brasília - Tomando os diversos aspectos do Palácio Itamaraty como ponto de partida, o Seminário Internacional Palácios – expressão espacial do poder político discutirá em Brasília, entre 19 e 20 de outubro, a arquitetura, as obras de arte e o mobiliário desses prédios como ferramentas e instrumentos do exercício da autoridade política.

Para tratar da questão do patrimônio moderno, o diretor de Patrimônio Material e Fiscalização do Iphan, Andrey Rosenthal Schlee, participa do evento no segundo dia, às 15h30.

A atividade é uma realização da Fundação Alexandre de Gusmão, instituição vinculada ao Ministério das Relações Exteriores, e a Comissão RE50 (Cinquentenário do Palácio Itamaraty, Brasília). A programação completa do evento (português e inglês) e o documento de referência nas versões português, inglês e francês estão disponíveis na página do evento.



O seminário propõe uma discussão sobre os Palácios enquanto fenômeno arquitetônico e social a partir da análise dos programas de edificações palacianas construídas em diferentes épocas e sistemas políticos, de Versalhes às sedes de organismos internacionais.

As discussões se desenvolverão a partir da exposição de aspectos diversos do projeto do Palácio Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores, concebido por Oscar Niemeyer em 1958, quando da mudança da capital do Rio de Janeiro para Brasília. Em seu programa arquitetônico e na história de seu projeto manifestam-se vários elementos da problemática palaciana.

Serviço
Seminário: Palácios: Expressão Espacial do Poder Político
Local: Palácio Itamaraty, em Brasília.
Data e horário: 19 e 20 de outubro, às 11h.

Fonte: Iphan

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31