RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - A Secretaria Municipal de Cultura (SMC) preparou uma série de eventos para celebrar os 130 anos da Abolição da Escravatura no Brasil. Serão homenagens, hows, peças de teatro e exposições organizadas com o intuito de lembrar a data histórica da criação da Lei Áurea, declarada em 13 de maio de 1888.

Nesta sexta-feira (11/05), o monólogo “Libertador” estreia no Teatro Municipal Gonzaguinha para mostrar momentos dos rituais da herança africana e outros spectos da cultura. A montagem fica em cartaz até o próximo dia 27, às sextas e sábados, às 20h, e aos domingos, às 19h.

No Centro da Música Carioca Artur da Távola, na Tijuca, a data será lembrada no próprio domingo (13), a partir das 16h, com o espetáculo musical infantil “Pérolas Negras”. No palco, contos e lendas africanas teatralizadas, entre elas, a “Menina e o Barril”, popularizada no Brasil como a “História do Surrão”.

Já o Museu de Escravidão e Liberdade, que funciona no Centro Cultural José Bonifácio, na Gamboam, recebe no dia 16, às 14h, uma roda de conversa com o tema “Abolição o que mudou”. Palestrantes convidados vão traçar um parâmetro sobre o passado e o presente Lei Áurea, fazendo uma trajetória para o amanhã.

A programação inclui ainda o espetáculo infanto-juvenil “O Príncipe Peralta”, também no dia 16. A peça mistura linguagens como teatro, dança e música, para contar a aventura de um príncipe que percorre diferentes planetas, em uma jornada de empatia e autovalorização da cultura negra.

Clique aqui e confira a programação completa.

Fonte: SEC RJ

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31