MINAS GERAIS, São João del-Rei - Com sua última exposição individual no Museu Regional em 2000, o artista Wanderley Guilherme, o Wangui, retorna com a exposição 'Tema, tema... O que se segue é um lema'.

A inauguração será no dia 5 de setembro, às 18h, e a mostra é composta por obras de reciclagem e telas.

As criações pertencentes à mostra são provenientes de materiais como madeira, vidro e pedra, que fazem parte da produção do artista desde 1998, quando passou a trabalhar diretamente com objetos encontrados no lixo. Wangui começou a pintar telas no início de 1979, mas foi em 1990 que iniciou suas atividades oficialmente, estreando na 3ª edição do Inverno Cultural, que na época era realizado pela FUNREI (Fundação de Ensino Superior de São João del-Rei).

Com 39 anos de carreira, o artista plástico não sabe dizer ao certo quantas obras já fez, porém, a maioria das suas criações está exposta em sua casa, que é também seu ateliê. Sobre o tema da exposição, Wangui explica que "'tema, tema' é a arte, enquanto aquilo que ele segue, é a pintura, exposições e o diálogo com o público".

O Museu
Aberto à visitação pública a partir de 1963, está localizado na antiga residência do comendador João Antônio da Silva Mourão (1806-1866), importante comerciante da cidade no período final da produção de ouro. Após a conclusão das obras, em 1859, o comendador instalou sua família na mansão, no segundo e terceiro pavimentos, e a loja de secos e molhados ficou no primeiro andar.

O Museu Regional de São João del-Rei apresenta uma exposição de aspectos do cotidiano no comportamento e nos costumes dos séculos XVII ao XX, retratados em móveis, utensílios, meios de transporte, imagens religiosas e pinturas. O objetivo do acervo montado é contar um pouco da intimidade e do modo de vida dos mineiros no período colonial.

Fonte: MRSJR

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31