DISTRITO FEDERAL, Brasília - O arquiteto e urbanista Marcelo Brito é o novo diretor do Departamento de Articulação e Fomento do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Nascido no Recife, (PE), Marcelo Brito é formado pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em 1983, tendo ainda se especializado em temas relacionados à gestão pública, à restauração de patrimônio e em cooperação cultural. É doutor em gestão urbana pela Universidade Politécnica da Catalunha, em Barcelona, Espanha, em 1992, e realizou pós-doutoramento na Universidade Complutense de Madri, em 2007, onde desenvolveu projeto de pesquisa sobre “Patrimônio, Turismo e Desenvolvimento”. 

Iniciou sua vida profissional em Olinda, Pernambuco, na FCPSHO – Fundação Centro de Preservação dos Sítios Históricos de Olinda, quando participou da formulação do Projeto Piloto de Olinda, de 1984 a 1986, voltado para a recuperação e revitalização dos seus sítios históricos. No Iphan, desde 1987, exerceu várias funções técnicas e gerenciais no campo da preservação do patrimônio cultural brasileiro. Dentre elas, foi Assessor de Planejamento, Superintendente do Iphan para o Centro-Oeste, Coordenador Nacional do Programa Urbis no Departamento de Patrimônio Material e Fiscalização, Chefe de Gabinete da Presidência e Assessor da Direção do Departamento de Patrimônio Imaterial. Desde 2008, atua no campo da cooperação internacional na Assessoria de Relações Internacionais da Presidência do Iphan.

Fonte: Iphan

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31