RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - A Tia Maria do Jongo morreu aos 98 anos, no Rio de Janeiro, na manhã deste sábado (18).

Tia Maria do Jongo (da Serrinha) - Foto: Divulgação/Jongo da Serrinha

Neta e filha de ex-escravos, Maria de Lourdes Mendes era uma das figuras mais famosas do Morro da Serrinha, em Madureira, na Zona Norte do Rio. A causa da morte ainda não foi revelada.

Em nota oficial, a assessoria de Imprensa da Casa do Jongo da Serrinha informou que na manhã deste sábado, durante um ensaio, a jongueira se sentiu mal e foi levada ao PAM de Irajá, onde não resistiu. Ela deixa órfão, o filho Ivo, dois netos e os quatro bisnetos, além de toda a comunidade jongueira da Serrinha.

Na última terça-feira (14), Tia Maria recebeu o Prêmio Sim à Igualdade Racial 2019, do Instituto Identidades do Brasil, na categoria Arte em Movimento, em cerimônia no Copacabana Palace.

Ela foi uma das maiores responsáveis por manter viva a tradição do ritmo africano no Brasil.

No instagram, o Império Serrano fez homenagem a uma das fundadoras da escola.

Fonte: Jornal do Brasil

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31