BRASIL, Brasília - Divulgar a cultura brasileira no exterior é uma das prioridades da gestão do ministro da Cultura, Marcelo Calero. A afirmação foi feita durante encontro entre Calero e o diretor do Departamento Cultural do Ministério das Relações Exteriores, ministro George Firmeza, no MinC, na segunda-feira (4).

Durante a reunião, eles discutiram a possibilidade de uma atuação conjunta dos dois ministérios na programação cultural realizada pela Rede Brasil Cultura - um instrumento do Ministério das Relações Exteriores para a promoção da língua portuguesa no exterior. Presente em mais de 40 países em todos os continentes, a Rede é formada por 24 Centros Culturais, cinco Núcleos de Estudo e cerca de 40 professores universitários selecionados por concurso público para atuar em universidades estrangeiras.

O ministro pretende adensar a visibilidade que dará ao tema da promoção da cultura brasileira no exterior de forma a promover a internacionalização e estimular o desenvolvimento dos setores da economia criativa brasileira.

Lei Rouanet
Diante da iminente reforma da Lei Federal de Incentivo à Cultura, a Lei Rouanet, que será promovida pelo MinC em diálogo com diversos setores da cultura e com a sociedade civil, o diretor George Firmeza ofereceu a contribuição do Itamaraty, com sugestões de mudanças na atual legislação, para facilitar e incentivar a atuação de brasileiros no exterior na disseminação da produção cultural do país. O documento ainda será enviado ao MinC.

Fonte: MinC

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31