BAHIA, Salvador - O Museu de Arte da Bahia convida o professor Sávio Roz para palestrar na primeira edição de 2020 do Projeto Leituras do Mundo, marcado para o dia 23 de janeiro, às 17h, na Biblioteca do MAB.


Foto: Divulgação

O professor falará sobre A História do Amor, desde seus mais remotos vestígios pré-históricos até as crises que atingem a contemporaneidade, tratando de assuntos como afetividade, sexualidade, bem-estar e qualidade de vida. Entrada gratuita.

Segundo Sávio Roz, "a história do sentimento humano, definido e nomeado por amor, é uma história de construção social sobre o sentir, que encanta não apenas pela proposta sedutora de se pensar algo tão inerente às culturas humanas, mas pela oportunidade de se analisar criticamente as vivências. Aproveitando um banquete com Platão em sua reflexão sobre o amor no século IV a.C., ou mesmo a promiscuidade e o divórcio de Messalina no século I. Os valores e rigores carregados de autoritária religiosidade da Idade Média, a oposição entre corpo e alma que fazem com que surja a razão de que castidade supera o casamento", explica o professor.

Sávio Roz é Mestre em História pela Universidade Salgado de Oliveira, com licenciatura e bacharelado na mesma área pela Universidade Católica do Salvador, trabalha com pesquisas que envolvem gênero e sexualidade. Leciona para ensino superior, fazendo usos de vivências, cotidianos, imaginários e representações. Trabalha, também, as relações entre ficção e realidade nos estudos históricos. Autor do livro Mulher Maravilha para Presidente! Histórias, Feminismos e Mitologia nas Histórias em Quadrinhos, lançado pela editora Devires em 2019.

Museu de Arte da Bahia
O Museu de Arte da Bahia integra os espaços administrados pela Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (DIMUS/IPAC), da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA). É o mais antigo museu do Estado, criado em 1918 no prédio anexo ao Arquivo Público e transferido em 1982 para sua atual sede, no Corredor da Vitória. O seu acervo é constituído por 13.686 peças adquiridas ao longo do tempo, através da compra pelo Estado da Bahia de obras de grandes coleções particulares.

Fonte: Secult BA

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31