BAHIA, Salvador - É com pesar que a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia informa o falecimento de Anselmo Serrat, nesta terça-feira (17), aos 71 anos.


Foto: divulgação

Anselmo foi fundador diretor do Circo Picolino e criou a Escola Picolino de Artes do Circo em 1985, em parceria com Verônica Tamaoki.

Serrat nasceu no Rio de Janeiro em 12 de agosto de 1948. Na década de 1960 trabalhou como fotógrafo e chegou ao cinema como diretor de fotografia, chegando a ter sua própria produtora, a Focus, além de ter sido sócio da Lente Filmes. No cinema, trabalhou nos filmes: O Rei da Vela, Ladrões de Cinema e Na Boca do Mundo.

Já no início dos anos 1980, em São Paulo, encontrou no circo uma linguagem com a qual se identificou de forma plena. Frequentou a Academia Piolin de Circo e integrou o Grupo de Circo-teatro Tapete Mágico que o trouxe para várias apresentações em Salvador.

Na Fundação Cultural do Estado da Bahia, Anselmo participou da Campanha Valorize o Circo, criada pelo Núcleo de Artes Circenses da instituição com objetivo de resgatar e difundir a memória desse ofício lúdico. Anselmo participou do primeiro vídeo da Campanha, lançada em abril de 2018 no Circo Picolino

Fonte: Secult BA

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31