18 Maio 2021 - Dia Internacional dos Museus

Luiz Antônio Bolcato Custódio [1] 

O tema orientador escolhido pelo ICOM para comemorar o Dia Internacional dos Museus em 2021 – O Futuro dos Museus: Recuperar e Reimaginar, certamente foi proposto em função da pandemia na qual ainda estamos tristemente inseridos. No sentido de se repensar e projetar museus e seus papéis, diante da nova e dura realidade, para o momento pós.

Uma das necessidades que se impôs neste período de isolamento social foi a ampla utilização das mídias eletrônicas que foram aplicados a processos de reuniões, lives, formas de aprendizado e nas relações pessoais.

E houve um crescente aperfeiçoamento destas práticas, de diferentes naturezas, permitindo que, pelo celular, se tivesse acesso a diferentes obrigações e a instrumentos para atender a necessidades, entre outras.

Basicamente muitos dos serviços públicos fecharam, em diferentes momentos e lugares, e muitos dos quais passaram a ter relações apenas eletrônicas. Rapidamente esta nova realidade impôs a necessidade de reimaginar setores, no sentido de recuperar programas, processos, e para dar continuidade à prestação de serviços. Entre as unidades fechadas, estavam os museus.

Em diferentes contextos, os museus de todo o mundo apresentaram diferentes respostas para a nova situação. Muitos apenas fecharam. Outros buscaram formas de manter contato com interessados via eletrônica, por meio de sites ou pela renovação e aperfeiçoamento de sistemas eletrônicos ou em plataformas de redes sociais.

Nesta linha temos muitos exemplos, em diferentes países, que permitem explorar as instituições culturais por meio de simples ou sofisticados tours virtuais, com grande capacidade de difusão de informações sobre acervos e conceitos.

Um destes é o projeto Um dia no Museu, instalado na Casa Azul, o Museu de Frida Kahlo, na cidade do México. Ou inúmeros outros, muitos dos quais foram aperfeiçoados durante a pandemia.

É possível realizar estes procedimentos, principalmente em períodos de isolamento, mas formalmente eles não substituem o atributo principal que move grande parte dos museus, a autenticidade. Sem preconceito às novas réplicas digitais, o peculiar interesse pela aura dos originais se mantém, sempre. O que, tradicionalmente, move a curiosidade humana, que não mede esforços em busca de culturas e de lugares, ao longo do mundo.

Algumas notícias contemporâneas, no entanto, reportam ocorrências neste processo de pandemia que colocam alguns museus, no centro da história, como protagonistas, mais como atores de que como espectadores. E, eventualmente dando continuidade a práticas anteriormente iniciadas.

É o caso do Museu Nacional de História Natural de Washington, do Instituto Smithsonian, com a exposição Surto: Epidemia em um Mundo Conectado, que aborda diferentes epidemias como Ebola, Aids, Varíola e Gripe, colocando em sua pauta um tema de grande atualidade. E hoje este museu já adquiriu acervo referente a esta pandemia, como objetos vinculados à primeira vacinação nos EUA, para ampliar o alcance desta exposição, com o módulo Covid-19.

Mas sem dúvida, este protagonismo se amplia, com maior significado, pela iniciativa de instalar no Museu Americano de História Natural, em Nova York, um Centro de Vacinação para Covid-19. Em plena sala de exposições desta icônica instituição que foi cenário do filme Uma noite no Museu, sob a grande baleia azul. Uma atitude de grande simbolismo. E, quem se vacinar, ganhará um voucher para uma futura visita ao museu.

De acordo sua presidente, Ellen Futter: “Nós estamos imensamente orgulhosos de participar neste esforço crucial para salvar vidas. Como presidente do museu – uma instituição dedicada a abrigar a pesquisa científica, o conhecimento, o entendimento e o provimento do acesso público a essa informação – eu não poderia pensar em manifestação mais importante de nossa missão em ação.”

Um evento que vai marcar, para sempre, a todos os que passaram pela inusitada experiência. Que vai entrar para a História.


[1] Arquiteto, ex presidente do ICOM-Brasil.


Entre em contato conosco!

Envie seus comentários, críticas e elogios sobre esse artigo para o email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. .

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31