Dia Internacional dos Museus 2022

Laura Suzana Rodríguez [1] 

No dia 18 de maio, celebra-se o Dia Internacional dos Museus com o mote “O Poder dos Museus”. Qual seria esse poder no contexto atual pós-pandêmico? Vou focar aqui especialmente no poder de construção da comunidade por meio da educação. No Museu de Arte Brasileira (MAB FAAP) um grande eixo do trabalho é a educação já que nos encontramos no Campus de um Centro Universitário. Cada vez mais temos estreitado laços com as faculdades, o colégio- presente também no Campus, as escolas do bairro e escolas da prefeitura de São Paulo. As estratégias são das mais óbvias, como a visitação às exposições com experiências livres ou mediadas pelos educadores do museu, ou a pesquisa em nossos arquivos e biblioteca; às mais complexas e enriquecedoras, por meio do programa de monitoriasnas diversas áreas do museu, em parceria com as faculdades presentes no Campus, e pela parceria do Educativo do MAB com a Secretaria Municipal de Educação da cidade de São Paulo, que desde 2017, realiza um programa de formação de professores. No caso dos alunos/monitores,possibilitamos uma experiência laboral no próprio ambiente universitário e um aprendizado específico através da elaboração de projetos direcionados para o interesse do estudante envolvido. Na parceria com a Secretaria Municipal de Educação, a formação visa proporcionar a reflexão sobre a importância das instituições museais para a elaboração de novas práticas pedagógicas, e sem dúvida, paralelamente, as trocas com os professores influenciam e transformam as ações desenvolvidas pelos educadores no museu. Além de todas essas atividades presenciais, temos hoje a possibilidade do contato virtual, legado da pandemia de covid-19. As mídias sociais são uma fonte de aprendizado, elas viabilizam atividades lúdicas, contato com especialistas de diversas áreas no programa Conversas no MAB, aproximação do público ao universo museal, já que as tarefas cotidianas são postadas, como visitas a ateliês, novas doações ao acervo, restauro de obras, montagem de exposições e parcerias com outras instituições. Também, no site do museu, pode ser realizada pesquisa em nosso acervo online. O futuro é promissor já que está em desenvolvimento o Projeto “Museu de Arte Brasileira – MAB FAAP – virtual” na plataforma Google Arts & Culture, onde a quase totalidade do acervo estará disponível em alta resolução para o mundo inteiro, democratizando o acesso para públicos distantes. Incluso serão feitas curadorias periodicamente para dinamizar a interação com as obras. Apesar de todas as dificuldades que as instituições culturais têm passado durante os últimos dois anos o cenário atual é bastante otimista, temos muito trabalho pela frente. Vamos exercer esse poder que os museus tem!


[1] Coordenadora de Curadoria e Acervo do MAB FAAP.


Entre em contato conosco!

Envie seus comentários, críticas e elogios sobre esse artigo para o email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. .

Os artigos e reportagens assinadas não refletem necessariamente a opinião do website, sendo de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31