PARANÁ, Curitiba - A Cultura do Paraná está em luto. Faleceu na noite do dia 29/05, aos 74 anos, o jornalista, editor, escritor e colunista político Fabio Campana


Foto: divulgação/SECC

Ele estava internado desde o dia 26 de maio em decorrência da Covid-19 e, infelizmente, sucumbiu às complicações da doença.

Nascido em 1947, em Foz do Iguaçu, Campana é autor de contos e romances. Foi colunista dos jornais Gazeta do Povo, O Estado do Paraná, Tribuna do Paraná e Gazeta do Paraná. Também fez comentários políticos em jornais do interior, na CBN Cascavel, Banda B e Band News FM. Editou a extinta revista Atenção e o jornal Correio de Notícias. Mas foi com sua editora, a Travessa Editores, que publicizou a obra dos principais autores do Paraná se tornando, ele próprio, um ícone das letras paranaenses.

Campana ainda foi secretário de Comunicação Social da Prefeitura e secretário de Estado da Comunicação Social em três governos durante a década de 1990.

Atualmente, Fabio Campana mantinha um site com o seu nome e as Revista Ideias e Et Cetera.

Conhecido no meio de intelectuais e personalidades, faleceu dois dias após o amigo Jaime Lerner, numa triste coincidência.

A Superintendência-Geral da Cultura presta as condolências aos familiares e amigos deste grande paranaense.

Fonte: SECC

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31