PORTUGAL, Lisboa - Mais de 9,7 milhões de eleitores portugueses devem comparecer hoje às urnas para eleger o presidente que irá substituir Cavaco Silva. Dez candidatos concorrem ao cargo, um recorde na história das eleições do país. 

Se um dos candidatos obtiver mais de 50% dos votos será eleito em primeiro turno. Caso contrário, os eleitores voltam às urnas para o segundo turno entre os dois candidatos mais votados no dia 14 de fevereiro. 

As urnas fecham às 19h (horário local) - nos Açores, a abertura e o fechamento das urnas ocorre com a diferença de uma hora a mais.

Os dez candidatos aparecem na cédula de votação na seguinte ordem: Henrique Neto, António Sampaio da Nóvoa, Cândido Ferreira, Edgar Silva, Jorge Sequeira, Vitorino Silva (Tino de Rans), Marisa Matias, Maria de Belém, Marcelo Rebelo de Sousa e Paulo Morais.

As eleições de hoje contam com 85,3 mil eleitores a mais do que em 2011.

Em 2011, Cavaco Silva foi reconduzido ao cargo de chefe de Estado no primeiro turno, com 53,14% dos votos.

 

Fonte: Agência Lusa

(Nota do editor: notícia originalmente publicada em 24/01/2016 - 14 visitas até 11:21h)

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31