BRASIL, São Paulo - Desde 2006, a Feira do Livro de Frankfurt e o Festival de Cinema de Berlim são parceiros na realização do Books at Berlinale, que coloca cara a cara produtores de cinema, agentes literários, editores e escritores que têm obras com potencial para serem transpostas para o cinema

Foto: divulgação/Publishnews

Para a edição deste ano, Frankfurt elegeu dez títulos com esta característica, incluindo O som do rugido da onça (Companhia das Letras), da pernambucana Micheliny Verunschk.

O livro foi escolhido entre 190 sugestões enviadas por agentes de 30 países. O som do rugido da onça e os outros nove títulos selecionados (confira a lista completa no fim da matéria) para o pitching refletem a diversidade do panorama literário e se destacam pelo excepcional potencial que oferecem para adaptação como filme ou série.

O romance joga luz sobre a história real de duas crianças indígenas raptadas por exploradores alemães que visitaram o Brasil no século XIX. No título, Micheliny deixa de lado a historiografia hegemônica para dar protagonismo às crianças arrancadas de sua terra natal.

Ela disse ao PublishNews que na época em que estava pesquisando para escrever o livro encontrou material de pesquisa junto a um grupo de estudos decoloniais em Munique. “Não é um interesse só nosso em dar visibilidade a este episódio terrível, mas também que isso encontre eco na Alemanha e em outros países”, disse.

Micheliny estava fazendo uma viagem de carro com a sua família. Saiu de Pernambuco e atravessou Alagoas, Sergipe, Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro e estava saindo da cidade de Aparecida, no interior paulista, quando recebeu a notícia da escolha do seu livro. “Fui surpreendida porque nem imaginava. Eu estou muito feliz, principalmente com a trajetória que o livro está fazendo. Ele vem conquistando leitores no seu tempo e isso me deixa muito feliz, principalmente, porque mais pessoas estão conhecendo este episódio triste da nossa história”, disse ao PN.

Marianna Teixeira Soares, da MTS Agência de Autores, que representa Micheliny, comemorou. "Essa seleção para a Berlinale foi uma notícia maravilhosa”, disse ao PN. A expectativa é que o título ganhe visibilidade no mercado europeu. “A partir disso, acredito que possa intensificar o interesse estrangeiro pelo livro. Estou confiante que vamos conseguir colocar o livro no mercado alemão”, completou a agente que trabalha em parceria com a Redondobooks, que representa os interesses internacionais da obra de Micheliny.

Fernando Rinaldi, coordenador de direitos da Companhia das Letras, defenderá O som do rugido da onça no festival. "A seleção do livro para o evento de pitching do Festival de Cinema de Berlim muito nos honra e orgulha. A Companhia das Letras tem uma longa tradição de levar seu catálogo tanto para o exterior quanto para as telas do cinema, e nesse caso, teremos a oportunidade de falar de uma obra tão brasileira quanto universal para profissionais de cinema do mundo inteiro", disse ao PN.

O Books at Berlinale acontece nos dias 14 e 15 de fevereiro e integra a programação do Co-Production Market do Festival de Berlim. No dia 15, está previsto um matchmaking que pretende colocar na mesa de negociações agentes e produtores cinematográficos em reuniões on-line. O encontro será organizado em cooperação com o Netherlands Film Fund.

Não é a primeira vez que o um livro brasileiro aparece entre os selecionados para o Books at Berlinale. Em 2017, O remanescente (Companhia das Letras), de Rafael Cardoso, foi selecionado para a programação do Festival de Berlim.

Os títulos selecionados para a edição de 2022 do Books at Berlinale
The Riff-Raff / Die Bagage (Carl Hanser Verlag / Sibylle Seidel Medienagentur), de Monika Helfer, Alemanha

The Sound of the Jaguar’s Roar / O som do rugido da onça (Companhia das Letras), de Micheliny Verunschk, Brasil

Mary / Mary (De Bezige Bij), de Anne Eekhout, Netherlands), Países Baixos

More Than I Love My Life / איתי החיים משחק הרבה (Deborah Harris Agency), de David Grossman, Israel

The Granddaughter / Die Enkelin (Diogenes Verlag), de Bernhard Schlink, Suíça

Spanish Beauty / Spanish Beauty (Editorial Anagrama), de Esther Garcia Llovet, Espanha

Lack of Light / Das mangelnde Licht (Graf & Graf Literatur- und Medienagentur), de Nino Haratischwili, Geórgia

The Lamplighters / The Lamplighters (Madeleine Milburn Literary, TV & Film Agency), de Emma Stonex, UK), Reino Unido

Impatients / Les Impatientes (Mediatoon Audiovisual Rights), Djaïli Amadou Amal, Camarões

Wherever You Are / Wo auch immer ihr seid (Penguin Random House Verlagsgruppe), de Khuê Phạm, Alemanha

Fonte: Publishnews

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31