INGLATERRA, Londres - Matéria publicada nesta quarta-feira (16) pela BBC conta que uma pintura de Frida Kahlo que nunca foi publicamente exposta com paradeiro misterioso será leiloada na próxima semana, em Nova York.

"Nina con Collar" (menina com colar), uma tela à óleo datada de 1929, será leiloada em 22 de novembro com um valor estimado entre US$ 1,5 milhão a US$ 2 milhões.

A BBC acrescenta que a Sotheby´s, casa de leilões encarregada pela negociação da obra, se recusou a comentar o motivo que teria levado a proprietária a vender a peça.

A pintura estava pendurada em uma casa na Califórnia há 60 anos", disse Axel Stein, chefe de arte latino-americana da Sotherby's. "A pintura parece muito nova. Estava em uma parte escura da casa, então as cores estão vibrantes".  

"Nina con Collar" está entre as 20 primeiras das 143 pinturas de Frida. Ela prefigura marcas dos autorretratos da artista, incluindo as grossas sobrancelhas e o olhar frontal. O mote, uma garota de 13 ou 14 anos, encara diretamente o espectador. O fundo é uma mistura de anil e azul-celeste; o rosto da garota é de tom marrom acobreado. Ela usa um colar de jade recorrente em outras pinturas da artista. No mercado internacional de arte, obras de Frida arrecadaram mais do que qualquer outro artista latino-americano.

Em maio de 2015 a casa de leilões Christie's vendeu uma pintura de Frida, datada de 1939, por US$ 8 milhões, um recorde para a artista. Sotheby's já vendeu privadamente obras de Frida por mais de US$ 15 milhões cada.

Um dos motivos pelos quais as obra de Frida são tão valorizadas no mercado internacional é que o México, por muitas décadas, barrou a exportação para a herança cultural do país sob leis de patrimônio nacional, finaliza a BBC.

Fonte: Jornal do Brasil

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31