ALEMANHA, Berlim - Um dos favoritos ao "Urso de Ouro", o filme húngaro Sobre Corpo e Alma venceu o Festival Internacional de Cinema de Berlim.

A diretora brasileira Julia Murat, com Pendular, também foi premiada numa categoria paralela independente que reúnce críticos do mundo todo.

Sobre Corpo e Alma, da cineasta Ildikó Enyedi, conta a história de duas pessoas, um homem e uma mulher, que têm o mesmo sonho, embora não se conheçam e trabalhem no mesmo lugar. O sonho se passa numa floresta, onde a personagem Maria se vê como uma alce fêmea. Seu chefe, Endre, sonha que é o alce macho. A coincidência dos sonhos intriga uma psicóloga, que coloca os dois em contato.

Já o "Urso de Prata" do festival foi para o longa do franco-senegalês Alain Gomis, Félicité. A terceira estatueta ficou com A Pista, de Agnieszka Holland.

Pendular, da carioca Julia Murat, venceu o prêmio da Federação Internacional de Críticos de Cinema (FIPRESCI). Este é o segundo filme da carreira da cineasta e retrata a história de amor entre uma bailarina e um escritor.

Pendular integrava a mostra Panorama, a principal seção paralela do Festival de Berlim. Os outros filmes do Brasil, que neste ano bateu recorde com 12 participações, não ganharam nem os prêmios oficiais nem os de júris independentes. Joaquim, do pernambucano Marcelo Gomes, estava entre os mais cotados.

Fonte: ANSA

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31