PORTUGAL, Lisboa - Desde o dia 20 de março, o poeta, ficcionista, ensaísta e pós-doutor em Teoria Literária pela Unicamp, Anelito de Oliveira, está ministrando cursos, palestras e congressos sobre Literatura em diversas universidades de Portugal.

Mineiro de Bocaiúva (Território Norte), Anelito editou o Suplemento Literário de Minas Gerais de 1999 a 2003 e hoje é professor e pesquisador do Programa de Mestrado em Estudos Literários da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes).

(foto: divulgação - SEC MG)

Confira a agenda do professor da Unimontes em terras portuguesas:
27 de março
Local: Universidade Católica de Braga
Atividade: Congresso Paisagem e Literatura
Resumo: Apresentação da comunicação intitulada “Geografia barroca: a paisagem conflitiva de Carlos Drummond de Andrade”, abordagem da relação entre literatura e paisagem em Carlos Drummond de Andrade a partir da cultura do barroco, tal como explorada por José Antonio Maravall. Pretende-se demonstrar como se dispõe uma conflitividade na poética drummondiana resultante dos antagonismos da vida urbana radicados no século XVIII, quando a cultura do barroco triunfa no Brasil, estruturando, de modo marcante, a sociedade mineira.
 
Dia 29 de março
Local: Universidade do Porto
Conferência: Da angústia: sobre as letras em Minas Gerais
Resumo: Discussão da produção letrada no Estado brasileiro de Minas Gerais, do século XVIII ao XXI, a partir do conceito de angústia espacial proposto com base em referencial teórico vário – psicanalítico, filosófico, geográfico. Demonstrar-se-á a angústia como traço de uma relação conflitiva entre sujeitos e espaço social, donde se pode compreender a configuração de uma cultura do barroco na tradição literária mineira. A conferência é baseada em pesquisa de Pós-Doutorado realizada na Universidade de Campinas (Unicamp) com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) no período de 2011 a 2015.
 
Dia: 03 de abril
Local: Universidade de Évora
Conferência: Homem comum: estética, história e política em Ferreira Gullar
Leitura prévia: poemas “Homem comum”, “O açúcar”, “A vida bate”, “Praia do Caju”, “Dentro da noite veloz”. In: GULLAR, Ferreira. Toda poesia. Rio de Janeiro: José Olympio, 1991.
 
05 de abril
Local: Universidade do Minho
Conferência: A tradição do clamor: Cruz e Sousa, Mário de Andrade e Orides Fontela
Resumo: A conferência propõe reflexão sobre uma possível tradição do clamor na literatura, caracterizada pelo drama do sujeito, que se inicia com Cruz e Sousa, tem sua ressonância em Mário de Andrade e alcança ponto luminoso em Orides Fontela.
 
06 de abril
Local: Universidade do Minho
Conferência: Alterografias: sistema literário, convenções estéticas e experiência afro-brasileira
Resumo: Proposta de releitura do sistema literário brasileiro, conforme formulado por Antonio Candido, em face da experiência histórica de afro-brasileiros, que não compartilham, via de regra, de valores estéticos das elites letradas. Pretende-se apresentar o conceito de alterografia como dispositivo hermenêutico capaz de ensejar a compreensão de obras produzidas a contrapelo da escala de valores estéticos que orienta o sistema literário brasileiro, restando, por isso mesmo, ignoradas sob o argumento de que não são alta literatura, sobretudo quando parecem, inclusive, apenas técnicas, científicas.

Fonte: SEC MG

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30